Quem é Jim Carrey namoro

Carrey compartilhou uma foto dele, na Grand Central Station, em 16 de setembro, que foi tirada por White. Os dois começaram a namorar em 2012, mas se separaram depois de alguns meses de namoro. Jim Carrey. Nome Completo: James Eugene Carrey Data e Local de Nascimento: Jim nasceu no dia 17 de janeiro de 1962, na cidade de Newmarket, em Ontário, no Canadá. Seu pai, Percy, era contador e músico de jazz e sua mãe se chamava Kathleen. Carrey é o caçula de quatro filhos: Pat, John, Rita e ele! Jim Carrey assume namoro com atriz com que faz par romântico em série Ele apareceu na premiação ao lado da nova namorada, a atriz Ginger Gonzaga, 34. Os dois vivem um par romântico na série 'Kidding', do canal Showtime, que ainda não estreou no Brasil. No 17-1-1962, Jim Carrey (apelido: ) nasceu em Newmarket, Ontario, Canada. O filho de pai Percy Joseph Carrey e mai Kathleen Carrey é ator, anno 2020 famoso por The Mask, I Love You Phillip Morris, Ace Ventura. A sua constelação é Capricórnio e ele tem 58 anos hoje. Jim Carrey está a namorar a atriz e escritora Ginger Gonzaga. O casal fez a estreia no tapete vermelho no sábado na Showtime Golden Globes Nominees Celebration, em West Hollywood, Califórnia. Um representante do ator de 56 anos confirmou que Gonzaga e Carrey estão a namorar. James Eugene Carrey nasceu em Newmarket no Canadá, no dia 17 de Janeiro de 1962, é o filho mais novo de Kathleen Carrey e do músico de jazz e contador Percy Carrey. Quando tinha apenas 10 anos, Jim escreveu uma carta para um programa de comédia chamado The Carol Burnett Show, pedindo oportunidade para imitar 150 vozes, o programa enviou ... Celebridades - Jim Carrey assume namoro com atriz que é seu ... - F5. 7 Jan 2019 ... Jim Carrey com a namorada Ginger Gonzaga - Jean-Baptiste Lacroix/ ... os remédios que ela usou alguns dias depois para tirar a própria vida. f5.folha.uol.com.br

Me apaixonei por uma pessoa que eu saí só uma vez

2019.02.27 15:29 CuteCockroach Me apaixonei por uma pessoa que eu saí só uma vez

Olá, obrigado por se interessar em minha história! É um pouco longa, então deixarei um resumo no final para aqueles que não queiram ler tudo.

Vamos lá!

Eu nunca fui uma pessoa que tinha facilidade para conhecer gente. Como um nerd de 5ª categoria, eu sempre fui bastante tímido e nunca escondi isso, até porque é difícil esconder timidez: você tenta parecer autoconfiante mas acaba extrapolando e passando a imagem de uma pessoa que você não é e chega a assustar a pessoa com quem está conversando.
Há alguns anos, com a chegada de aplicativos de "paquera", eu consegui conhecer algumas meninas. Mas nunca deu em nada. Tive alguns projetos de namoro mas que eventualmente se desfizeram, por N motivos.
A vasta maioria das meninas que conheço nesses aplicativos são pessoas que parecem que "demandam" a responsabilidade diretamente minha de ser o agente "puxador de assunto". Ficam quietas e respondem objetivamente, sem perguntar o mesmo para mim (por exemplo "qual filme você mais gosta?", e essas perguntas bem clichês no começo de um papo; e/ou então não dão espaço para surgir um assunto em cima do que eu falei. E a conversa fica rasa, chata e não vai pra frente. Até que semana passada eu acabei conhecendo uma menina que foi diferente de todas: ela puxava assunto, perguntava como foi meu dia (isso conta muito para mim), perguntava sobre mim e demonstrava interesse no que eu dizia. Como disse Jim Carrey no filme Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças: "Por que eu me apaixono por toda mulher que eu vejo que me dá o mínimo de atenção?". Seu nome irei omitir, mas chamaremos ela de Fulana.
E assim fui conversando algumas noites com Fulana. Conversamos por cerca de 3 a 4 dias, até chegar na sexta-feira e ela me lançar o desafio de assistir três episódios de uma série no Netflix que, caso eu não gostasse, ela me pagaria um cinema para devolver as horas que eu perdi assistindo os primeiros episódios da série. Se eu gostasse, eu pagaria. Bom, eu assisti, e eu gostei. Não muito, mas eu gostei. E para faze-la feliz, eu disse que achei bem legal e que ela ganhou a aposta/desafio. Num papo descontraído umas horas antes, ela perguntou o que eu procurava no app e eu disse que procurava algo sério, uma parceira e etc., e ela disse que não estava a procura disso: que ela havia terminado um namoro havia pouco tempo e que queria apenas conhecer gente. Se rolasse algo, rolou. Não era do controle dela.
Pois bem. Marcamos o cinema para o sábado passado e, na minha cabeça (e pelo que ela deixou entendido) seria apenas um cinema e depois tchau e bença, cada um para seu canto.
Fomos para o shopping e quando a vi, a primeira impressão foi muito boa: ela era muito mais bonita do que nas fotos, e o sorriso dela era maravilhoso. Nos cumprimentamos e fomos em direção ao cinema. Conversamos um pouco e eu brinquei bastante com ela (porque, como eu disse, ela é o tipo de pessoa que dá espaço para que eu seja mais solto), até entrarmos na sessão. Durante o filme, algumas brincadeiras e risadas antes do filme começar e, quando começou, eu fiquei sério, pois eu gosto de prestar atenção ao filme. Ela, por sua vez, não estava muito entretida com o filme, era nítido (ela chegou até a falar quase no meio do filme: "agora sim esse filme começou a ficar legal"). E, chegou uma hora que ela deitou em meu ombro. Alguns minutos depois, ela segurou minha mão... Ela estava sendo a ativa. Eu arrisquei e a beijei: ela correspondeu. Dali para frente o filme foi praticamente esquecido.
Quando o filme acabou, já era 23h. Perguntei a ela: "Quer fazer mais alguma coisa, ir a algum outro lugar?", e ofereci ir a um Rock Bar que estaria com o cover da minha banda favorita tocando. Ela, para a minha surpresa, aceitou sem pestanejar. Entramos no carro dela e fomos até o bar. Chegando lá, ficamos conversando bastante, além de curtir a música e trocar vários beijos. Em uma de nossas conversas, ela falou bastante de como foi o seu relacionamento passado... Que namorou por quatro anos e foi o primeiro homem com quem ela teve qualquer coisa. Ele foi a primeira experiência dela com tudo. Ela não falou especificamente dele, mas sim do relacionamento. Eu não vi quaisquer problemas com isso, pois todos tivemos experiências na vida e cabia a mim apenas respeitar o passado dela. Eu sabia que ela não queria nada sério, até porque também era a primeira vez que saíamos (e ficamos) e tinha bastante chão ainda.
Em determinado momento de nossa "pegação" durante o show no bar, ela me disse que ainda bem que estávamos em local público, pois ela estava "muito excitada" e não iria se controlar.
Ao acabar o show, já era 5h da manhã, e fomos para o carro dela para irmos embora. Ela morava cerca de 1h30 de onde eu moro e, para não faze-la ter que me deixar em casa e depois andar de madrugada sozinha até em casa, sugeri que fossemos até a rodoviária da cidade dela de lá eu pegava o ônibus para a minha. Ela aceitou, e fomos. Porém, chegando lá na rodoviária, ao nos despedirmos, começamos a nos beijar novamente e as coisas esquentaram. Esquentaram bastante. Não acabamos transando, mas chegamos perto. Depois de finalmente o sol raiar, e ficar impossível de prosseguir com qualquer coisa no carro, eu sugiro a ela irmos a um Motel perto de minha cidade e que era meio caminho para a dela. Assim, a gente ficava mais um tempo juntos e não seria uma localização ruim para os dois.
Chegando no Motel, aconteceu o óbvio: transamos. Mas foi um sexo diferente de qualquer outro que eu já fiz na minha vida. Parecia que eu a conhecia há muito tempo, e tivemos uma conexão muito forte... Reflexo talvez de toda a noite agradável e descontraída que tivemos. Tive um desempenho como nunca antes tive: durando bastante e "pronto para a próxima" num tempo bem curto. Até que, em determinado momento enquanto descansávamos abraçados, ela soltou: "te amo". Eu, por dentro, queria dizer "eu também". Mas eu não sabia o que dizer e, para me certificar, eu perguntei: "sério?". Ela entrou em desespero e pediu mil desculpas. Falou que era porque estava "acostumada" a apenas transar com o seu ex e que falou sem pensar. Eu entendi e fingimos que nada aconteceu. Mas, o dano estava feito havia várias horas: eu estava apaixonado.
Dado o tempo do motel, fomos embora e ela me deixou na estação de trem para que eu fosse para minha casa e ela seguisse rumo à dela. Ela então me chamou no WhatsApp (porque antes só nos falávamos pelo app) e então ficamos mais próximos e conversando mais facilmente. Ela não poupou elogios a mim, disse que foi incrível e que não esperava que o encontro fosse tomar as proporções que tomou (nem eu esperava), que iria acabar no cinema. Eu fiquei muito feliz com ela, e procuro pensar que ela também estava muito feliz comigo. No mesmo dia, perguntou se tudo bem ela dizer que estava com saudades, e eu disse que sim, pois eu também estava. Ela se mostrou aliviada. O nosso desejo um com o outro era nítido: nós dois nos demos muito bem, e ela não poupava elogios a mim e ao quanto eu poderia ser uma pessoa melhor (pois ela notou que eu tinha problemas de baixa auto-estima e confiança). E, é claro, isso só corroborava com o fato de eu estar apaixonado por ela: uma pessoa que eu conheci haviam poucos dias, e saí apenas uma vez.
Eis que, ontem, terça-feira, ela ficou estranha de uma hora para a outra. Eu achava que era apenas o trabalho dela que estava pesado, e relevei (até porque eu não poderia cobrar atenção dela). Mas, ao chegar em casa, ela estava muito seca. Quando perguntei se ela estava melhor do mal estar que ela disse que estava sentindo no começo do dia, ela disse "mais ou menos, mas não se preocupe, não estou merecendo". Eu estranhei, e perguntei porquê. Ela disse que "não mereço porque você é legal, e eu não". Eu gelei na hora. Já ouvi essa frase uma vez e sabia o que seguia depois disso. Era quase certo que ela iria me dispensar... E eu acertei. Ela disse que o ex-namorado dela havia ligado para ela no serviço e eles discutiram bastante, ela chorou. E no final da conversa ela concordou com algumas coisas que ele disse.
Ela falou que mentiu quando disse que estava solteira tinham 3 meses: ela estava solteira haviam 9 dias. Que ela tentou por muito tempo levar o namoro adiante mas não funcionava... E ela disse o seguinte:
Depois disso a gente se viu de novo e eu falei que amava ele....ele disse que eu sou falsa de dizer isso e sair com outro 9 dias depois
Parece que ela acabou encontrando o ex namorado.
Resumindo... Ela me "dispensou". Eu tentei acalma-la tentando tirar todo o peso que ela tava colocando sobre si, falando que ela não prestava e que era uma vagabunda (palavras dela) e chorando horrores, mas a cada frase que eu mandava tentando faze-la se sentir melhor, parecia que ela me atacava. Então eu desejei a ela que encontrasse paz e fosse feliz, e que eu estaria ali para ela caso ela precisasse. E não nos falamos mais.
E é isso... Eu me apaixonei por uma pessoa que me deu o mínimo de atenção e me bajulou por alguns poucos dias. Mesmo eu sabendo que ela tinha saido há pouco tempo de um relacionamento, eu estava disposto a tentar. Só não sabia que era tão pouco tempo e que ela estava frágil. Agora estou de coração partido, sabendo que não encontrarei outra pessoa que se conecte comigo como foi com ela, e serão mais vários e longos meses até eu conhecer alguém que seja pelo menos 1/3 do que ela foi para mim.

TL;DR: OP é tímido e conheceu uma menina via app que o fez feliz por alguns dias. Ela logo dizia que estava para "o que vier" pois acabara de terminar um relacionamento de 4 anos havia poucos meses, e o OP queria algo sério, e foram se encontrar. No primeiro encontro, foram ao cinema, cover de sua banda favorita e acabaram o encontro no motel. A menina disse "eu te amo" durante o motel, mas foi "sem querer". O OP se apaixonou pela menina pois ela foi encantadora e uma ótima companhia, e as coisas pareciam caminhar mas dois dias depois o ex-namorado dela ligou para ela no trabalho e ela discutiu, aparentemente se encontrou com ele e disse a ele que ainda o amava (mas não sabia ao certo). A menina teve uma crise, falou que não quer isso para ela e nem pra mim, e "terminou" tudo. OP está devastado pois há muito tempo não conhecia uma menina que o fez bem assim e agora está bem triste.

Obrigado a todos por terem lido minha história!

submitted by CuteCockroach to desabafos [link] [comments]


Jim Carrey do Brasil - Zoológico de Curitiba TERRA PLANA - JIM CARREY SABE QUE O MUNDO É PLANO E NÃO ESFÉRICO! QpQ Trailer  O Golpista do Ano Steve Carell e Jim Carrey se entrevistam (Legendado) JIM CARREY: O MEU, O SEU, O NOSSO MÁSCARA!  Telecine JIM CARREY ENTREVISTA Sou Luna - Simon e Luna se beijam e Simon se converte em Matteo JIM CARREY  Descobre que não é a voz na cabeça  O que aconteceu? Despertar da Consciência? Salvação Jim Carrey Jim Caviezel e Rodolfo Abrantes e Julia #EuCaminhoNaLuz

Jim Carrey: namorada, fortuna, tamanho, tatuagem, origem ...

  1. Jim Carrey do Brasil - Zoológico de Curitiba
  2. TERRA PLANA - JIM CARREY SABE QUE O MUNDO É PLANO E NÃO ESFÉRICO!
  3. QpQ Trailer O Golpista do Ano
  4. Steve Carell e Jim Carrey se entrevistam (Legendado)
  5. JIM CARREY: O MEU, O SEU, O NOSSO MÁSCARA! Telecine
  6. JIM CARREY ENTREVISTA
  7. Sou Luna - Simon e Luna se beijam e Simon se converte em Matteo
  8. JIM CARREY Descobre que não é a voz na cabeça O que aconteceu? Despertar da Consciência?
  9. Salvação Jim Carrey Jim Caviezel e Rodolfo Abrantes e Julia #EuCaminhoNaLuz
  10. Flávia De Moura - YouTube

James Eugene Carrey, mais conhecido como Jim Carrey (Newmarket, 17 de janeiro de 1962) é um premiado ator, eu sei, o cara da foto não é o Jim. Sim, porém falarei do Rodolfo Abrantes mais adiante. Best Jim Carrey Interview Ever!! The Tonight Show 1994 with Jay Leno - Dumb & Dumber Interview - Duration: 14:44. diggidyd2009 3,795,525 views .Jim Carrey está se perguntando no deserto plano, totalmente alienado pela sociedade quando um estranho se aproxima dele e Jim compartilha a luz da verdade com ele. ... quem gostar se inscreva ... Steven Russell (Jim Carrey) é um policial texano que decide assumir sua homossexualidade. Porém logo descobre que, para ser gay, é preciso ter muito dinheiro. Ele passa a realizar diversas ... Jim Carrey's First Appearance on Letterman, July 25, 1984 - Duration: 6:48. ... Quem não tem Brad Pitt vai de Quentin Tarantino - Duration: 2:58. 6W3I 75,258 views. 2:58. Jim Carrey é um dos maiores atores do cinema, com vários ótimos filmes em sua história ultimamente tem estado sumido e agindo de maneira estranha. Estaria Jim Carrey com depressão ou algo do ... sinopse e detalhes Bruce Nolan (Jim Carrey) é um jornalista que tem um bom emprego na TV e uma bela namorada, Grace (Jennifer Anisto... Flávia De Moura uploaded a video 2 years ago Pânico na Band - Quem Ri se Ferra - Ace Ventura - Duration: ... Instrutor de Karatê-Jim Carrey (Dublado Português) com Jairo e Juliana - Duration: 4:33. Jairo Vidal 44,738 views. Jim Carrey está de volta nos cinemas com #Sonic e é por isso que no vídeo de hoje a Alice Aquino veio falar um pouco da trajetória da carreira do nosso querido e eterno Máscara! O ator nasceu ... Sou luna 3- Emma chega ao roller troca olhares com simon e ambar fica com ciúmes (Cap 38) HD - Duration: 1:32. biax thiana 478,960 views