Escolhe c namoro

Hello, Namoro como estão, caros leitores? almejo sinceramente que todos estejam muitíssimo bem, caso contrário, desejo melhoras, pois isso é tudo o que posso fazer agora. Enfim, acabando com o Prefácio básico de todo o blog, vamos ao que realmente importa, isto é, amigos. Pois bem são pessoas que realmente precisamos ter em nossas vidas. 8/fev/2020 - Explore a pasta 'Mensagem de namoro' de Cleusa Walter no Pinterest. Veja mais ideias sobre Mensagem de namoro, Frases apaixonadas, Mensagens de amor. Mas o que o relacionamento fez foi me ajudar a perceber como é incrível estar num namoro lésbico. Porque há muitas diferenças entre namorar com um homem e com uma mulher, e a maioria delas me ... Neste dia dos namorados, não erre o presente! Fizemos este Quiz para te ajudar a conhecer melhor seu amor e escolher certo dessa vez! Se você é mulher, mande para seu namorado. Será que ele vai acertar as perguntas? Eu tenho um amigo que só quebra a cara quando o assunto é namoro. Seus relacionamentos não passam de seis meses e, na maioria das vezes, as mulheres é que terminam com ele. E, claro, depois do fora, ele fica mal e chama os amigos para tomar a cerva do esquecimento e para começar a se reerguer. Como Fazer Seu Amigo Querer Namorar Você. Sair de uma amizade para um namoro é uma situação que assusta muitas pessoas, mas que é bastante comum. Se está apaixonada por um amigo, existem diversas maneiras de fazer com que ele a veja como... Como Escolher a Namorada Certa. Escolher começar um relacionamento com a garota que você gosta é uma grande decisão, mas também é uma que abre portas para muitas possibilidades empolgantes. Por causa do investimento emocional envolvido com... A aliança de casamento, ou de namoro, ou quaisquer outra aliança, represente uma união, representa. um pacto, toda vez que você acordar cedo e olhar para sua aliança, irá vim em sua lembrança que você. está unido com outro ser humano para toda eternidade, e irá amar e respeitar tal pessoa pelo resto da Corte é a ESCOLHA para evitar a tentação e experimentar as bençãos da pureza. É uma escolha para não entregar emocionalmente seu coração, pedaço por pedaço, para outros como ocorre em relacionamentos onde o modelo de namoro já é conhecido mas sim, para dar por inteiro seu coração ao seu companheiro fiel.

Esse caso do Whindersson comprova como o feminismo é doentio

2020.09.11 19:43 Felipemaconheiro Esse caso do Whindersson comprova como o feminismo é doentio

Tão zoando o Whindersson porque a vagabunda da ex decidiu assumir namoro com um amigo do cara. Ela que é a escrota da história, tanto por catar outro namoro de imediato quanto por escolher um maluco do mesmo ciclo. Mas ninguém fala que Whindersson comeu ela até deixá-la gasta, que ele se livrou de uma bomba ou que é superior a ambos, tendo em vista que é mais rico e famoso que eles. Na prática ele saiu foi ganhando, mas a narrativa de zoar o falso corno repercute mais só pra desmoralizar o homem na história
submitted by Felipemaconheiro to brasilivre [link] [comments]


2020.09.09 22:37 TiaSayu Fui babaca por humilhar minha mãe depois dela ter contado o noivado surpresa que meu namorado preparou?

Yo Mina, Daijobu deska? ♥
Hoje vou contar mais uma desgraça da minha vida e tentar rir com ela pq realmente, tá complicado...
Vim aqui desabafar uma coisa que anda me machucando a cada minuto que passa. Minha mãe sempre foi uma pessoa difícil de lidar... O temperamento dela nunca se deu bem com o meu, e isso já causou muitas brigas e discussões entre nós duas. Uma vez já postei aqui uma outra situação entre nós duas (Acho improvável que alguém se lembre, estava em outra conta na época, mas tentarei repostar para quem queira ler.)
Enfim, sem mais delongas, vamos direto ao desabafo... Semana que vem será meu aniversario de namoro (12/09) vamos completar dois anos de namoro e tudo corria bem. Estávamos preparando nossos presentes e eu estava ansiosa por mais um Level up na relação. Lutamos muito para seguir com esse relacionamento fantástico, e dou graças a Deus por tudo ter dado certo. Somos felizes e tratamos um ao outro com muito respeito e carinho, e não deixamos de ser melhores amigos mesmo na relação de namorados (Não acredito nesse lance de ''há diferença entre amigos e namorados'' é muito melhor ser os dois em vez de escolher apenas um) Enfim, vamos direto ao ponto.
Minha mãe hoje (09/09/2020) veio até mim e me pergunta ''Você e o Carls (Não vou expor) Vão ser noivos?'' A reação que eu tive foi de choque e surpresa, meu pai e minha irmã tiveram a mesma reação e tudo ficou em um silêncio desconfortável.
Logo eu perguntei, incrédula: ''Ele vai pedir minha mão?..''
Depois disso minha mãe arregalou os olhos assustada, vendo que eu não sabia de nada sobre os planos dele. Eu, logicamente, me emocionei e desabei a chorar. Minha mãe, doce como sempre, disse: ''Pare de chorar e controle-se. Larga de ser tonta e pare de chorar'' Além de outros comentários calorosos para o consolo de minha pessoa. Nisto, meu pai interveio e falou: ''Você tinha que abrir a boca? Você achou mesmo que ela soubesse disso?'' e foi assim que tudo explodiu... Minha mãe estava sendo fria como sempre, ela nunca se importou com coisas que feriam meu emocional e psicológico, tudo na visão dela era ''banal'' e ''frescura'' e eu me cansei disso. Minha reação foi imediata e refutei ela de varias maneiras e isso se tornou uma briga feia. Ainda mantive minha educação, mas fui bem sincera e ela não gostou disso (Por que né, a verdade dói) e ela começou a envolver minha sogra e meu namorado, humilhando os dois para ver se conseguia ganhar nos argumentos que eu lançava. (Um detalhe importante... Quando eu estou prestes a discutir com alguém, sou bem linguaruda e irônica demais, isso de certo irrita qualquer um. Mas em nenhum momento a ofendi e nem disse nenhum palavrão, apenas disse algumas verdades que ela não gostou. Obviamente)
Como sempre ela apelou na presença do meu pai e se fez de coitada, saindo da discussão como vitima de uma filha má. Meu pai pediu educadamente para eu pedir desculpas, já que ''peguei pesado com ela''. Me neguei até o momento e não estou disposta a mudar de ideia só por que ela é minha mãe.
Não foi a primeira vez que ela estraga um prazer meu com sua frieza. Ela já errou comigo varias vezes e fui compreensiva em perdoar. Já eu, quando erro, só falta ser exposta para meio mundo e ser humilhada na frente de quem for; O que ela diz e faz, não é exagero na visão das outras pessoas (O que eu acho doentio de certa forma, por que não deixa de ser uma atitude toxica)... Ela pode destruir minha auto-estima e isso não costuma ser exagero por que né, ela é minha mãe e tals.
Na minha opinião não acho isso. Só por que é mãe ou pai não significa que eles tem o Direito total de fazerem exatamente o que querem ou falar o que querem e quando querem, e a criança/adolescente tem que aceitar e pronto. Eu posso ter sido errada em ser grossa e etc, mas eu realmente fiquei chateada pelo o que aconteceu e creio que toda menina (Pelo menos quase todas) teriam essa reação diante de uma resposta tão fria em um momento considerado especial na vida de uma mulhecasal. Meu namorado confiou nela para não contar e ela me faz isso? Além de ter sido um erro grave e um desrespeito com a nossa relação, ela ainda quis se justificar com frieza e grosseria? Eu realmente não deixaria isso barato e foi o que eu fiz.
Então... Fui babaca em fazer isso com ela?
submitted by TiaSayu to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 02:39 ___anonimo___ Parte dois da minha triste vidinha

Um tempo depois sem crise de ansiedade Rainaro começa a conversar comigo no watts e eu "sem querer" solto que gosto do primo dele e ele fica bravo eu pergunto se ele está com ciúmes e ele diz que sim e eu pessoa ele em namoro ele aceita, meia hora depois estava ele me traindo NO ROBLOX e elas voltaram adivinhe quem elas mesmo crises de anciedade o pior é que o filho da puta ficou me chamando de corno bem eu chorei e cansei de ser trouxa e me tornei o cara sem coração, mas depois agente foi morar na melhor cidade que eu já morei Joinville, bem, chegando aqui eu fui escolher meu quarto (não saio da qui desde que cheguei) e com o tempo Rainaro foi me esquecendo e eu continuei minha vida depressiva, até que ele lembra que eu existo e me chama pra jogar (adivinha oq o trouxa aqui fez) eu aceitai na hora pois ainda estou afim dele que erro ele ficava me chamando e eu ficava ansioso pra falar com ele de novo, maaaas, eu ficava segurando vela e agente foi conversar e eu disse que não estava gostando daquilo e ele simplesmente começou a me ignorar e quando perguntava por que ele dizia que eu que não queria mais falar com ele Bem isso foi tudo por hoje vou atualizando vocês caso alguém ligue
Bjs turma
submitted by ___anonimo___ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.27 04:41 gabsamurai Mada & Bica estão na TamoVip

Mada & Bica estão na TamoVip
https://tamovip.com/vip/mada-bica

https://preview.redd.it/8n4rwjc1kgj51.jpg?width=500&format=pjpg&auto=webp&s=8ec070e37ed6fd9a4377cb2a4055a6b5c15dd753

Fala pessoal!! Olha quem tá aqui! Sim, a Pinscher mais ácida do Brasil e a Bulldog mais fofa do mundo! Só pedir o que vocês quiserem, que dependendo do humor da Bica, ela disse que faz. Aniversário, pedido de namoro, piada, bola amarela... você quem escolhe!
https://tamovip.com/
submitted by gabsamurai to u/gabsamurai [link] [comments]


2020.08.22 02:27 Luizinguitar3 Não aguento mais lidar com merdas de terceiros que refletem até na vida pessoal de quem não tem nada a ver.

Minha mãe é uma pessoa que sempre estudou muito e fez de tudo para nunca precisar contar, financeiramente e/ou emocionalmente com a família que ela tem, no caso, a mãe, pai e irmã dela. Construiu uma carreira na área de química ligada a radiação, hoje é pesquisadora e, apesar de estarmos falidos por causa de terceiros, ganha bem.
Tudo foi bem na medida do possível, até que, em por volta de 2007, meu avô, pai dela e já idoso, foi preso num esquema criminoso aí que rolou (nada muito sério, tipo matar alguém, mas ainda assim crime) e ela teve que gastar boa parte da grana que ela não tinha com advogado para, além dele, minha avó e minha tia que era cúmplices de tudo.
Alguns anos depois dessa treta, minha avó, que não olhava na nossa cara há pelo menos uns 8 anos, oficialmente perdeu tudo que tinha e veio morar aqui em casa, que não é um lugar grande, e ficou quase 5 anos (de 2015 até o final de 2019) nos enchendo o saco, já que ela é uma pessoa extremamente ingrata e egoísta, fazendo com que pessoas que amávamos e que frequentavam nossa casa nunca mais nos visitassem e, de quebra, como tinha sido recém diagnosticada de um câncer, gastando mais dinheiro da minha mãe, porém não dizia nem um obrigado para nada. Uma vez minha mãe sofreu um acidente de carro, chegou em casa visivelmente machucada e ela só foi reparar 3 dias depois (e eram hematomas gigantes no pescoço e braços, ou seja, dá pra ver fácil). Mesmo não querendo e evitando demonstrar, minha mãe sofria muito com isso.
Nesse meio tempo, meu avô saiu da prisão e aí foi mais grana da minha mãe pra sustentar ele agora, que mora com a irmã dele, tia da minha mãe, e, de quebra, ainda teve que pagar dívidas absurdas da irmã dela, que nunca paga o que deve, não faz absolutamente nada para os pais e ainda é extremamente grossa e agressiva com a minha mãe. Entre 2007 e 2015, minha tia morou com minha avó e sentava a porrada nela (na época minha avó tinha entre 70 e 78 anos, ou seja, idosa), e mesmo assim é a filha favorita de ambos até hoje.
Pra coroar a treta toda, no final de 2016 meu pai, que mora com a gente, começou a demonstrar uns comportamentos estranhos e só esse ano (por volta de março se não me engano) finalmente um médico o diagnosticou com uma doença cujos sintomas casam com o que ele tem. Ela se chama demência fronto temporal e, se pesquisarem sobre casos, vão ver que a rotina da pessoa e das que convivem com ela mudam muito devido a isso. De quebra também, o gasto mensal aumentou muito, além de tudo, devido a necessidade de médicos, já que nosso plano de saúde que é o único que conseguimos pagar não ajuda em praticamente nada, e, pra coroar, o salário dele e da minha mãe caíram em mais de 50%. Se não fosse o auxílio emergencial e um auxílio que tô recebendo pela faculdade nem sei o que faria, já que também não ganho lá muita coisa pelo trabalho e, como sou autônomo, não tem como contar muito ainda mais nesse período.
Apesar de ser uma pessoa doce, inteligentíssima, tratar todo mundo bem, todo mundo gostar muito dela e admira-la bastante, inclusive eu, sei que ela tenta muito ser uma ótima mãe, mas não é a pessoa mais atenciosa do mundo em relação a mim e minha irmã. Os únicos assuntos que ela conversa comigo são faculdade e trabalho (ela é acadêmica e sonha com meu doutorado, sendo que nem no terceiro período da faculdade tô). Normalmente, como ela tem que carregar o mundo nas costas, ela se preocupa mais em resolver o que dá pra ser resolvido e tapar o que está ruim com uma peneira até não dar mais e aí precisar resolver.
Meu pai era um excelente pai e realmente não é exagero, mas na situação atual não é como se ele conseguisse dar conta das coisas, mesmo qu minimamente, então ela se sente frustrada e sozinha por ter pedido o suporte dela. Ambos se davam muito bem e foi (e é) bem foda pra ela.
Apesar de eu já ter o diagnóstico médico de depressão há pelo menos uns 5 anos, esse período de pandemia piorou tudo e, além disso, tenho tido crises bem ferradas de ansiedade. Não só devido a minha família, mas também porque namoro uma pessoa cuja mãe é (diagnosticadamente) narcisista, que faz a vida dela um inferno e, apesar de termos um relacionamento foda entre nós dois, eu estou sempre preocupado com o que essa mulher possa fazer. Além disso, mesmo quando não rola nada, não consigo dormir bem. Até malhando e tomando remédios (prescritos) tá ficando difícil e sinto que estou a beira de ter um colapso nervoso. Muitas noites me vejo tremendo, sem conseguir respirar, com pensamentos suicidas e completamente exausto, mas sem conseguir dormir. A única coisa que tenho feito fora de casa é levar meu pai pro mercado e na padaria, porque ele gosta de, nas palavras dele, "dar voltinha" no quarteirão, e ir no banco quando preciso resolver algo. Ou seja, se eu já não tinha muita "vida", agora tá pior ainda.
A questão é que essa parada de, não só minha mãe, mas principalmente ela (que é meio que meu único apoio familiar e na vida além da pessoa que namoro) fazerem tão pouco de mim e do que sou e sinto fica me matando porque não importa quantas vezes eu peça ajuda, ninguém ouve. Tenho muito medo de acabar tendo um colapso nervoso, como já aconteceu antes.
Faço acompanhamento psicológico há uns anos e recentemente (faz uns 3 meses) mudei o atendimento de 1x para 2x por semana, mas o que são só duas (dependendo da semana menos) sessões de terapia para alguém que passa a semana cagado?
E, assim como a pessoa que namoro passa com a mãe dela, ter que lidar com um monte de consequências ruins na vida por causa de coisas merdas que terceiros que pouco tem a ver com a sua (como meus avós, minha tia e minha sogra, por exemplo) e se ver completamente sem perspectiva por causa dos outros é muito ruim.
Não tenho muitos amigos (não que dê pra pedir algum apoio nem que seja pra ouvir como me sinto) e minha família, que já era distante, depois da doença do meu pai simplesmente sumiu.
As vezes sinto que minha mãe quis ter os filhos, mas nunca pensou de fato em como seria cuidar deles, até porque ela nunca teve quem cuidasse dela, então nem faz ideia de como é isso e, de fato, quem era mais ativo no nosso dia a dia, até porque o horário de trabalho dela era menos flexível, era meu pai, então até essa quarentena ela nunca tinha ficado tanto tempo perto da gente e muito menos em casa.
Tenho uma irmã, que é menor de idade, e minha mãe até dá um certo apoio e presença maior a ela por conta disso, mas, no meu caso, é como se eu fosse só uma pessoa que mora de favor aqui. Entendo que muita gente se sente assim depois que faz 18 anos, mas é foda principalmente quando não se tem ninguém para contar, ou ao menos um amigo pra desabafar.
Tenho muita dificuldade em fazer amizades, o que piora tudo, e acho que isso também vem do fato de que, apesar de eu sempre ter sido uma pessoa introvertida e mesmo assim conseguisse fazer uma ou outra amizade, os últimos tempos pra cá, por estar sempre ansioso, preocupado e correndo pra lidar com a minha família, seja porque meu pai não pode ficar sozinho em casa, ou porque trabalho, ou porque deu uma merda nova na vida da minha mãe e ela tem que resolver em cima da hora ou porque minha irmã tomou remédios demais e foi parar na UTI (sim. Já rolou algumas vezes, já que ela também é depressiva).
Para botar a cerejinha no bolo, sou homem trans e comecei com os hormônios há cerca de um ano, logo minha cara tá bem diferente e minha mãe não lida bem com isso, então, querendo ou não, isso também afastou mais a gente. Nas palavras dela quando contei: "eu já tenho um monte de problema pra resolver e você me aparece com mais isso?"
Penso muito em sair de casa, pouco antes da pandemia tava começando a tirar isso do papel, mas sempre que comentava sobre a ideia, como algo hipotético, todo mundo aqui falava que agora não dava, porque eu tinha que ajudar a cuidar do meu pai, e, com a pandemia, desanimei de vez (e o dinheiro todo acabou, pois era isso ou mais dívidas.)
Percebo sim que minha mãe tem uma preferência pela minha irmã, pois, por ela gostar mais de estudar que eu, principalmente coisas tidas como "normais" (normal eu digo coisas que compreendem as áreas de exatas, humanas, línguas e biológicas. Claro que nada é tão simples assim, mas eu faço faculdade de música então forçando a barra acho que deu pra entender a comparação), se for pra escolher quem vai cuidar da casa e do meu pai e quem vai estudar acho que já temos uma resposta. Além disso, a personalidade de ambas é bem parecida.
Realmente não sei o que fazer. Não sei se alguém vai ler até o fim, digitei tudo de uma vez. Só queria me sentir capaz de ter a minha própria vida, não só financeiramente, mas sem situações que bloqueassem completamente qualquer coisa que eu tentasse e automaticamente fizessem com que eu me sentisse cada vez mais sufocado nessa bola de neve gigante.
submitted by Luizinguitar3 to desabafos [link] [comments]


2020.08.07 03:05 Abacaxi7 Vou dar uma chance para uma garota, mas eu gosto de outra

Vou contar de forma resumida, sei que esses assuntos enchem a paciência. Eu ficava com uma garota, parei de ver ela há quase um ano. Na época eu não queria nada sério, e ela queria namoro sério. Aí o tempo passou. Vou ser completamente sincero com vcs, a falta de opção me fez procurar ela de novo. Chamei ela no whatsapp e voltamos a conversar. Apesar da magoa, ela está me tratando bem e vamos voltar a ficar. Não me julguem, só quero por isso pra fora. Eu não gosto dela, é uma moça muito boa e cheia de qualidades mas eu não sou apaixonado por ela. Mas só vejo ela como uma opção, não estou podendo escolher. E sinceramente já estou cansado de ser solteiro e quanto mais tempo passa, pior é para conhecer mulheres novas. A menina que eu gosto de verdade só me vê como amigo. Eu ficava na esperança de ela mudar de ideia, mas sei que isso não vai acontecer. Eu não quero viver numa ilusão, pra depois essa garota que eu gosto começar a namorar e eu ficar sozinho. Eu não sou uma pessoa ruim, não sou um homem lixo nem nada disso. Apenas estou cansado de ficar sozinho. Já que a pessoa que eu amo não me quer, eu tenho que seguir minha vida. Talvez o amor nasça com a convivência com essa menina que eu ficava.
submitted by Abacaxi7 to desabafos [link] [comments]


2020.08.05 17:58 robby_dsg Forjaram prints contra mim e eu sai como errado

Caros Luba, editores, gatas, falecidos papelões, turma e possível convidado, OI! Antes de mais nada se sinta a vontade para ler isso com a voz q preferir. Um pouco de contexto: desde sempre me mudo bastante de cidade/escola, mais de escola, e moro em uma cidade consideravelmente pequena. Minha mãe tem depressão e um período da minha infância ela passou internada, sempre protegi ela com unhas e dente msm ñ demostrando pra ela... enfim vcs vao entender.
Qnd eu entrei no ensino médio (integral) eu resolvi "remodular minha pessonalidade" por causa de timidez eu tinha perdido muita oportunidade e por ser uma escola nova tentei não ser a pessoa estranha/excluida. Deu certo... fiz amigos, juntei casais, só não me apaixonei pq eu n sou muito desses. Enfim em meu grupo de amigos tinha o casal que eu juntei que eram os meus melhores amigos, um garoto que eu gostava, e mais 3 pessoas. A garota(pode chamar de Carls) se mudou no meio do ano e o casal teve que terminar. Continuamos no falando e tals. Não muito tempo depois DESCOBRI que o cara do casal (vamos chamar de LG) tava namorando outra mina(vamos chamar de LS), no começo eu não sabia q o LG e a Carls tinham terminado, então quando eu vi a Raynara e o LG se pegando achei que a Calrs tinha levado chifre.
(Essa Raynara por coincidência estudou comigo no fundamental que fui um dos períodos que eu não tava bem por causa da minha mãe. Eu me apoiei muito nela na época e ela espalhou pra sala toda que minha mãe era loca.)
Depois da cena do chifre que não foi chifre(perguntei pra Carls se eles ainda tavam namorando e ela confirmou q não) qse um mês dps LG queria que eu ficasse amg da Raynara e que ela qria fazer as pazes. Eu disse que já conhecia ela e q não era o tipo de pessoa que eu qria perto de mim. Eu achava ela muito tóxica eu só não disse isso, também não quis falar com precisão o q ela fez pq isso afetaria o julgamento dos nossos amgs sobre ela. LG insistiu um tempo dps dai eu falei "Cara na boa vc se enfia onde quiser só não me pede pra ir junto.". Dps disso ele parou de falar cmg e com o tempo todos se afastaram de mim, perguntei para o garoto que eu gostava o q tinha acontecido e ele falou para eu parar de pagar de sonsa e que eu era muito rancorosa. Uma amg minha chegou em mim no mesmo dia e me explicou, disse que não achava justo eu ficar sem saber o porquê de todos se afastarem. LG tinha mostrado prints onde eu puxava briga e ameassava a Raynara, precinando ela a terminar o namoro. Fiquei P* da vida! Essa amg me mandou os prints e analisei junto com a carls que tbm tinha sido vitima de prints forjados. Os de carls ela falava que era a ex e que ele ainda voltaria pra ela e que raynara era só um tapa buraco. Eu não tenho mais os prints pq já faz uns 4 anos que isso aconteceu, mas basicamente eram chats de Messenger, sem data nem hr, o formato dos balãozinhos estava no formato antigo, meu jeito de escrever tava diferente, tava NÍTIDO que ano era eu e muito menos a Carls. Mostrei para todos e não acreditaram em mim, então eu montei um print de Whatsapp melhor e mais bem bolado que da Raynara e mostrei para o LG os dois prints e disse que eram falsos disse que que não faria ele escolher mas que ele não poderiaĺ continuar acreditando naquilo. Ele ficou quieto e eu eu dei um murro na carteira que fez a turma dele me taxar de louca pelo resto do ano. Mostrei para o garoto que eu gostava e ele disse pra eu deixar quieto pq ele conhecia bem o LG e que ele era escravoceta e gado desde o fundamental. Eu nao desisti. A garota era de outra escola e conseguia me infernizar msm longe. Na saida da escola naquele dia Raynara foi buscar o LG e eu, TROUXA, fui "tira satisfação" com ela, falou que eu tava imaginado coisa e que eu tava ficando louca igual minha mãe. Eu não me aguentei e "voei" em cima dela, infelizmente não acertei nem um tapa pq me seguraram. Cheguei em casa fumaçando e contei o basico pra minha mãe (que a mina tinha chamado ela de louca e que eu fui pra bater nela) minha mãe me chamou de idiota e falou não fazia diferença nenhuma na vida dela quem a chamava de louca, disse também que se eu apanhasse pq comprei briga eu apanharia quando chegasse em casa. Matei uns dois dias de aula sem minha mãe saber e quando chegay na escola falaram que eu tinha tentado bater na Raynara pq ela tava grávida e que o LG era meu crush. Achei um absurdo mas eu tava cansade de manter a pessoa extrovertida por tanto tempo. Parei de almoçar na escola, tentava ficar o max longe de onde tinha muita gente. E quando me alguém me perguntava se era verdade eu não fazia questão de confirmar ou negar nada. Depois de três meses todos descobriram que a Raynara não tava gravida por*a nenhuma e que ela chifrava o LG com o professor da escola dela. Eu não voltei a falar com ninguém daquele grupinho e aos poucos me juntei a um outro mas que hoje tbm não converso com ninguem de lá.
Se tu leu até aqui obrigada! Ficou longa mas é uma historia que tem me tirado o sono pq não sei se fui Babaca msm ou foi tudo manipulação da Raynara... Enfim Beijos!
submitted by robby_dsg to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.04 10:32 jennifercamile meu namoro feliz e próspero de 14 anos

Olá lubinha, gatinhas, editores, pedaços de papelões e tchurma que tá lendo. minha história é sobre meu primeiro namorado e como nosso namoro já dura longos 14 anos.
Bom, antes do pré eu estudei numa creche, tinha uns 3/4 aninhos na época. E eu AMAVA tudo sobre estudar lá (menos a hora de rezar pq eu tinha muita preguiça então só fingia que tava acompanhando as freiras), e as pessoas do lugar também me amavam. Minha professora favorita, a tia Carls, era super aquela professora puxa saco sabe? então em tudo eu era escolhida ou ganhava benefícios com ela hehehe.
Em um belo dia as turmas estavam se preparando pra festa junina e estavam montando os pares pra quadrilha, e a tia de outra sala veio na minha conversar com a tia Carls pedindo uma menina emprestada pq tava faltando na turma dela. Fui escolhida de prontidão e fiquei feliz da vida.
Chegando na turma que tava se organizando me disseram que eu seria a primeira a escolher um menininho pra dançar já que eu era convidada. Passei o olho em todos os menininhos e escolhi um fofinho que vou chamar de Bob.
Chegando em casa contei pra minha mãe toda empolgada e porquê diabos de motivo que eu não sei ela começou a dizer que a gente namorava ???????? e eu criança muito da Maria vai com as outras aceitei e falei com o Bob que a gente namorava.
Nós éramos um "casal" muito fofo, dançamos a quadrilha bem bonitinhos e continuamos nosso namorinho, que se baseava em sorrisinhos e falar que namoravamos só.
Fomos crescendo, mudamos pra outra escola ainda juntos e o namoro seguia firme e forte. E o bichinho era bem do romântico, porque ele pedia pro irmão mais velho escrever cartas de amor pra mim e entregava pra minha mãe aprovar antes de me dar. Eu ficava bem da boiola.
No segundo ano mudei de escola :( a última vez que vi ele, ele estava ensaiando pra fanfarra na quadra. nós nos olhamos boiolinhas e demos um oizinho de longe. Depois disso me mudei e nunca mais o vi.
Mas nunca terminamos, LOGO temos um namoro de longos 14 anos e eu traio ele com a minha atual namorada. Me desculpa Bob.
ps: descobri recentemente que a ex namorada do meu pai, que é muito minha amiga, é amiga da mãe do bob.
submitted by jennifercamile to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.02 00:38 Leh_V Minha vida é totalmente controlada e nunca vou poder ser quem eu sou

(Vou tentar resumir, mas a história é grande) Pra fazer sentido, vou contar desde quando eu era criança. Eu era totalmente apaixonada por um garoto que é da minha igreja e sempre estudamos nas mesmas escolas. Vou chamar de JP. E ele sentia o mesmo por mim, sempre nos falávamos pela internet, jogávamos juntos... mas o tempo nos afastou.
Depois de uns anos, eu acreditava estar apaixonada pelo primo dele, vou chamar de EL. Então, começamos a namorar, ele era carinhoso e meus pais gostam muito dele. Inclusive, ele é da nossa igreja. Somos evangélicos, e minha família é muito cabeça fechada, inclusive o EL. Depois de tempos, fui totalmente controlada por ele, desde as redes sociais até minhas roupas. Ele já me fez escolher entre usar uma calça no frio ou namorar ele.
Eu sempre acreditei que iria mudar, mas não. Toda vez que tentava terminar, ele não aceitava e eu perdia as forças de fazer isso. Nesse namoro eu nunca fui quem eu sou de verdade, comecei a ter crises de ansiedade, meu pescoço ficava vermelho e eu perdia o ar.
Mesmo com tudo isso acontecendo, não sei por que, mas o JP (do começo da história) ainda mexia comigo. Eu via ele TODOS os dias, na escola ou igreja, e a gente trocava olhares, eu sabia que ele ainda sentia o mesmo por mim.
Eu e EL fizemos sexo 3 vezes, isso pode parecer normal, mas pra minha família é um absurdo. Só a minha mãe descobriu e praticamente me obrigou a ficar com ele com o objetivo de casar, mas dessa vez eu não aguentei mais: terminei com ele faz 2 semanas.
Nessas duas semanas, eu falei com o JP. Mandei parabéns pra ele e no dia seguinte ele mandou parabéns pra mim (ele faz aniversário dia 27 e eu dia 28), nós conversamos muito e eu me senti muito bem como a muito tempo não sentia. Descobri que ele nunca deixou de gostar de mim (não descobri por ele, mas por uma amiga).
Depois de 2 dias conversando com o JP, o EL descobriu isso e contou pra minha mãe. Como disse, ela é cabeça fechada. Tomou meu celular e agora eu só obedeço as ordens dela. O EL vem me ameaçando contar pra igreja o que fizemos, e se ele fizer isso, minha vida vai estar totalmente acabada. Principalmente por causa da minha família que vai se virar contra mim, e por causa de todo o falatório que vai virar. Mas eu resolvi não deixar os medos tomarem minhas decisões, e não voltei atrás.
Para a minha mãe, o EL diz que não vai contar o que fizemos pra igreja, mas eu sempre vou viver com esse medo de ele contar, e meu mundo desmoronar. Não sei o que meu pai seria capaz de fazer se descobrisse.
Falando no meu pai, há 2 dias ele me seguiu na rua pra ver onde eu estava indo (eu disse que iria caminhar pra espairecer), quando cheguei em casa ele só faltou me bater por achar que eu tinha feito alguma coisa errada. Então eu tenho muito medo do que ele é capaz.
Enfim gente, não sei nem se estão lendo KKKK provavelmente não, mas estou vivendo numa prisão. Tudo que eu mais queria é ser livre, poder ficar com o JP, porque eu descobri que nunca deixei de gostar dele de verdade. Como minha mãe e meu ex me proibiram de falar com o JP por toda a VIDA, o JP me comprou vários chocolates e pediu pra uma amiga me dar.
Eu só queria meus amigos do meu lado, nem com eles posso conversar. Gente, não sei mais o que fazer da minha vida, agora só estou acompanhando. Acho que nem conselhos existem pra essa situação.
submitted by Leh_V to desabafos [link] [comments]


2020.07.27 05:07 sim_meu_nome_e_Leite Eu sou uma babaca por enrolar pra sair do armário?

Oi Luba, gatas, editores, gatas, restos mortais de papelões, Pekeanu Reeves, gatas e turma que está a lever. A história é meio longa, então peço que tenham um pouco de paciência, se possível.
Eu sou bissexual (21, menina). Tirando meu irmão mais novo (19) e minha mãe (51), ninguém mais na minha família (eu acho) sabe. Eu sempre fui bem tranquila sobre minha sexualidade e nunca fiz nada demais a respeito da minha família para fazer que eles saibam, pelo menos até meu primeiro relacionamento sério. Eu tinha 19 anos na época e ela era bem mais velha (25 anos no começo, mais ou menos 7 anos de diferença), nos conhecemos na universidade: Ana (não é o nome dela, mas é o que vou usar) era aluna do curso de mestrado e eu uma bolsista do mesmo grupo de pesquisa da área dela, então eu meio que era responsável por montar os experimentos, auxiliar na instrumentação, produzir alguns artigos, etc... Eu acabei indicada para auxiliar a tese dela e meio que rolou no laboratório mesmo (outra história). Começamos a sair.
Namoramos por 1 ano e 3 meses. Por volta do quarto mês de namoro, eu "saí do armário" porque eu não achava que seria uma grande coisa. Foi meio complicado, meu irmão teve uma reação do tipo "EU SABIA" e minha mãe, bem, ela surtou. Ela exigiu que eu terminasse e parasse com toda a coisa de "sapatona", que tudo era culpa do Dani (meu melhor amigo, aliás ele é abertamente gay) que ele me """contaminou"""" e por aí vai.
Nunca fui 100% próxima dos meus pais, eles eram muito controladores e um tanto entitulados, especialmente comigo e minha irmã mais velha. Saí de casa aos 16 e moro sozinha desde então, pago minhas próprias contas, tenho meu próprio emprego, faço a federal do meu estado e basicamente eles não tem muito haver com a minha vida. Só mantinha contato por causa do meu irmão mais novo, que francamente é meu maior orgulho. No caso dos meus tios, primos e primas, se eu visse eles mais de duas vezes ao ano seria um milagre.
Demorou mais de dois meses para ela voltar a falar comigo e permitir que eu visse o Davi (meu irmão). Ela disse que iria ignorar tudo aquilo com três condições: Não influenciar o Davi, não contar ao restante da família (especialmente meu pai) e levar somente meus "relacionamentos de verdade" para casa (traduzindo, eu só poderia trazer para casa meus namoros heterossexuais e pelas proprias palavras dela: "deixar a put**** fora de casa"). Do contrario, ela nunca mais iria permitir que eu visse meu irmão.
Sinceramente, eu não me importei. Davi e Dani era minha única família de verdade e eles me apoiavam, então estava bem feliz apesar da situação tensa. Sem contar que ele tinha 17, logo faria 18 e já planejávamos que ele se muda-se para minha casa. Expliquei a situação para minha namorada e, surpreendentemente para mim, ela ficou livida (p***) por eu me submeter a esse tipo de merda.
Nós discutimos MUITO. Levou cerca de uma semana para voltarmos. Basicamente, ela achava melhor eu confrontar a situação toda. Eu achava injusto passar por toda aquela dor de cabeça, se eu poderia esperar alguns meses para meu irmão completar 18 e vir morar comigo e então mandar meus pais para aquele lugar. Ainda por cima ela mesma também não era assumida e estava exigindo que eu fizesse basicamente a mesma coisa que ela se recusa a fazer á anos. E eu dizia isso para ela, Ana só dizia que "é diferente" e "para você é mais fácil", por aí vai.
Eu não queria arrancar ninguém do armário. Não precisa ir muito longe na internet para ver os relatos desse tipo de processo que pode ser bem complicado. Eu não exigia que ela me assumisse ou algo do tipo, então na minha cabeça pelo menos, já que eu não exijo isso não teria porquê ela exigir de mim.
Ela insistia que era diferente, que a família dela era mais complicada que a minha (a família dela era beeeem religiosa, já a minha era só conservadora mesmo) que eu não ligava para meus pais e que era fácil.
Mesmo que eu não ligue sobre o que eles diriam sobre minha sexualidade, não é como se tudo que eles dissessem sobre mim não me afetasse. Além disso, toda a confusão seria incrivelmente tensa para o meu irmão, por mais que eu não seja fã dos meus pais, ele os ama e colocar um garoto de 17 anos em uma situação em que ele teria que "escolher um lado" entre parentes que ele ama não é exatamente o conceito de saudável.
Enfim, apesar de toda confusão, botamos uma pedra no assunto e o encerramos. Mesmo assim o clima ainda era estranho e a bolha estourou no natal do ano passado.
Eu mandei algumas mensagens privadas para ela, já que cada uma ficou com sua família no Natal. O pai dela leu as mensagens. Obviamente, as coisas não foram nada boas. Recebi uns áudios bem assustadores dele. Ele é um PM aposentado então eu me caguei um pouco, confesso. Alguns dias depois na véspera do ano novo, nós terminamos.
Meu irmão e eu moramos juntos hoje em dia (atualmente ele têm 19). Por volta de março desse ano um cara se moveu para o apê da frente, com a quarentena passamos a nos esbarrar bastante e começamos a namorar, o namoro vai muito bem aliás.
De alguma forma, minha ex soube e me mandou algumas mensagens (já fazem mais de 7 fucking meses que terminamos). Ela disse muita coisa, a maioria eram um monte bosta, mas uma coisa que ela disse ficou na minha cabeça: Se você tivesse insistido mais com seus pais nós ainda estaríamos juntas.
Bem, isso está na minha cabeça já faz uns dias e eu realmente não sei o que pensar. Meu irmão concorda em parte com ela, e que eu realmente deveria ter insistido mais naquela época e dado uma chance para ver a reação de todo mundo, ao invés de excluir todos de uma vez com exceção dele, mas o que foi, já foi e que eu deveria focar nas coisas de agora.
Bem, eu não tenho quase nenhum contato com meus pais hoje em dia. Não sei qual foi a primeira reação do meu pai e do resto da família, mal sei direito se eles tem alguma ideia. Da feita que o Davi completou 18 fizemos a mudança e não me preocupei em manter contato, disse para minha que ela poderia contar ou não, até agora me parece que ela escolheu não contar. Ele ainda ver nossos pais obviamente
Eu sou uma babaca?
📷ResponderEncaminhar
submitted by sim_meu_nome_e_Leite to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 00:23 nao-sou-ninguem Não suporto mais o peso da solidão nem o de ser quem eu sou

Me odeio. Não me sinto confortável com quem eu sou.
Não gosto de meu corpo, do meu rosto e não me sinto confortável com com vários aspectos físicos meus e, principalmente, com o sexo que nasci. Também detesto a minha personalidade e não me suporto enquanto ser humano. Tenho total desprezo pela minha pessoa, por quem eu fui no passado e pelo que eu sou hoje. Acho que eu queria ser alguém completamente diferente... Queria que em algum momento da vida eu pudesse voltar para escolher como eu seria, como escolhemos em alguns jogos de RPG, por exemplo.
Me sinto um(a) total estranho(a) à sociedade (por privacidade e segurança pessoal, não quero revelar o meu sexo nem nenhuma outra informação que possa dizer alguma coisa relevante sobre a minha identidade pessoal). Não tenho amizades, nunca tive nenhum tipo de relacionamento amoroso com alguém, nunca vivenciei nada de muito interessante... Não encontro ninguém que queira conversar comigo, ninguém que queira ter algum tipo de relacionamento comigo (seja alguma amizade, algum relacionamento amoroso ou qualquer outro estilo existente de relacionamento).
Devo ser de fato uma pessoa muito irritante, desinteressante e desprezível. Não gosto de nada que as outras pessoas [que já tive algum contato fora da internet] gostam, as pessoas não gostam de nada do que eu gosto, não tenho nada que as outras pessoas têm e me sinto idiota por isso. Não uso redes sociais, não uso nada, me sinto completamente à parte do mundo em que vivemos.
Sempre vivi com a solidão, mas hoje em dia essa solidão tem ficado cada vez mais forte. Ela me corrompe por dentro, me destrói e mexe comigo de maneira que a maioria das pessoas nem faz ideia.
Acho que é a punição que eu mereço. A maioria das pessoas usa máscaras, a sociedade usa máscaras. Ninguém mostra o que realmente é e todo mundo só quer se encaixar dentro de algum grupo. Eu, que escolhi não usar nenhuma espécie de máscara, acabo tendo essa punição de viver totalmente sozinho(a).
Só que não sei até que ponto vale a pena aguentar a solidão, mas também não sei se vale a pena eu colocar uma máscara e entrar em algum grupo de amizades ou em alguma outra espécie de grupo - se bem que isso seria bem difícil para mim, já que sou bastante introvertido(a) e tenho sérias dificuldades para me relacionar e dialogar com alguém (nem sempre fui assim, acredito que isso seja um efeito consequente de ter ficado sozinho(a) por tanto tempo).
Honestamente, estou ficando cada vez mais carente. Alguns desejos [sociais, amorosos, sexuais, entre outros] que sempre tive estão gritando cada vez mais forte, a solidão tem me machucado cada vez mais.
Convivo com uma pessoa que me despreza, me xinga, me machuca e me odeia, e essa convivência está se tornando um fardo cada vez maior. Essa pessoa sou eu mesmo(a). Não sinto nada além de ódio pela minha pessoa. Queria sentir algo além disso.
Queria encontrar alguém para amar e para me amar. Tenho alguns pouquíssimos familiares que amo, mas me refiro à amor advindo de algum relacionamento como namoro, amizade ou algo assim.
Mas, se nem eu me amo, por que eu esperaria receber amor de qualquer outra pessoa? Acho que nós, seres humanos, somos assim. Somos animais sociais e precisamos do contato com outrem.
Só tenho 19 anos, mas sinto que não haveria problema algum se a minha vida acabasse agora mesmo, de forma precoce.
submitted by nao-sou-ninguem to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 05:48 uma_fudida Eu gosto do meu ex, mas fui eu q terminei

Olha luba, gatas, editores, possível convidado, papeloes e turma q esta a ver N me julguem pelo titulo ok? Ta, td começou em um "acampamento" q fiz na escola e lah conheci um garoto, o fernando(vamos de expor pq ele merece) e ele foi muito babaca, ele ficava me jogando na parede, tentando me beijar e falar q fiz coisas indecentes com ele, e qnd acabou a viagem ele conseguiu meu número (até hoje ñ sei como) e tento flertar cmg eu fiz a egípcia logicamente e ignorei, o amigo dele, vamos chamar de pudin, veio pergunta pq eu tava ignorando ele(outro q tirou meu numero do cu) e eu expliquei, ele ficou do meu lado na história, eu e o pudin continuamos conversando, papo vai, papo vem, minha melhor amiga na época (chamaremos de alface, pq eu odeio alface) descobriu q eu tava falando com ele, foi ai q o inferno começou, pq ela viu q ele era bonito e começou a falar q tinha gostado dele antes, sendo q ela nem sabia o nome dele, um tempo passou e a gente começou a namorar, a alface SURTOU e disse q era ou ele ou ela, (minha mae sempre me ensinou a escolher sempre a amiga, pq namoros vem e vao, mas amizade fica), eu queria os 2, então quis abrir o relacionamento p ele ficar com ela e eu poder ter os dois, mas ele n quis pq achou q eu era uma vadia, dai eu terminei com ele... uma semana depois pudin e alface começaram a namorar, ela fez ele cortar td contato comigo, pois sabia q eu gostava dele, e começou a me ignorar, bom, foi isso, fiquei sem o meu namorado e sem minha amiga Eh isso luba, beijos ;-;
submitted by uma_fudida to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.22 00:22 sonic_star_2 só queria amor verdadeiro bicho :c

sla, nos últimos dois dias eu tava raciocinando aq, refletindo sobre meus namoros e amizades, e sla cara, eu sinto q nunca fui amado de verdade mesmo por alguém, sla. Eu sempre gostei de algumas meninas, mas sempre era rejeitado, nunca dava em nada, e eu via elas gostando de outras pessoas e ficava sla tipo "Poxa, qq eu n tenho q eles tem? ;-;", mas eu nunca me preocupei muito com isso, só q de uns dias pra cá eu venho ficando meio triste por causa disso, ver os meus amigos com suas namoradas e ver q eles tão super felizes juntos, agora pouco mesmo eu vi o status no whatsapp da namorada de um amigo meu dela postando coisa dos dois, e tipo, os dois parecem se gostar muito, e isso é recorrente, não é só com eles, é com tipo, 80% dos meus colegas tlgd. Qnd eu vejo essas coisas eu fico ao mesmo tempo feliz e triste, feliz pq eu adoro amor, eu fico tranquilo e feliz por eles qnd eu vejo q as 2 pessoas se amam e combinam, eu fico feliz vendo meus amigos com as namoradas deles e vendo q a coisa tá fluindo bem, e tal (inclusive com casais de filme de romance eu sinto a msm coisa ;-; Sing Street é o apice até hj ;-;), só q ao msm tempo eu fico triste pq eu nunca achei uma "namorada como a deles", basicamente todos meus relacionamentos foram curtos e/ou uma bosta, só se salva no máximo uns 2, tanto por que não tinha química e tal entre a gnt, ou pq deu merda no namoro q tava indo tão bem (visto meus posts antigos), ou por que a garota não gostava realmente de mim. Sla, vendo tds meus amigos com as namoradas deles que realmente tem carinho por eles, são fofinhas, atenciosas, postam coisa sobre eles, e eu sempre senti falta disso nos meus relacionamentos... Eu só queria uma menina que quando eu tivesse triste chegasse e perguntasse se eu tava bem, uma garota que tem disposição, me chamasse pra fazer as coisas, tivesse o mesmo animo q eu tenho, pq sla, tds meus relacionamentos parece q eu tinha q conquistar a pessoa, inclusive qnd elas msm me pediam (q foram no máximo umas 2 vezes por sinal).
Eu só queria ter alguém que fosse carinhosa, que eu realmente gostasse, e que ela realmente gostasse de mim, que fizesse as mesmas coisas que as namoradas dos meus amigos fazem que eles se sentem especiais, pq eu sempre fui carinhoso com todas elas, mas o contrário eu nunca consegui experimentar, sla, nunca me senti amado de verdade com ngm. Meus pais falam q do jeito q eu sou bonito eu posso escolher qm eu quiser, mas eu sei q n é assim q funciona as coisas, pra mim é super difícil arranjar alguém... Inclusive uns 4 dias atrás eu conversei sobre me sentir meio estranho por esses dias, e ela falou q provavelmente é falta de alguém que gosta de mim, falta de uma namoradinha pra conversar e tal, lá no fundo até ela sabe vei q eu n consigo ngm ;-; e ninguém nunca gostou realmente de mim, tds estavam interessados em outras pessoas e tal, eu to chorando, desculpa, eu só queria alguém que me visse como especial, eu só queria completar a vida de alguém, igual os meus amigos, eu queria alguém que fizesse tanto por mim quanto eu faço pra ela, ou inclusive mais, sla, eu to falando com umas pessoas diferentes e tal, mas fica num chove-não-molha e sla, parece q se eu for ficar com alguma delas vai ser a msm coisa, Eu q vou ter q conquistar elas pra dps ficar nisso de sla, eu ter q agradar e dps de um tempo td acabar e ver q n era amor de verdade e tal. Só queria alguém q sla, n sou só eu que preciso ficar mandando coisa, inventando assunto, fazendo carinho, enquanto ela só recebe, eu queria uma namorada igual dos meus amigos, que é tão carinhosa quanto eles, e dá pra ver, eles n tem vergonha de andar de mão dada em público por exemplo, nem de assumir que se amam. A vontade que dá é de só desistir, apagar todos os meus contatos que eu to falando agora e só sumir, parar de tentar, meus amigos mais proximos pelo menos são quem deixa minha sanidade no chão, e enquanto eu tiver eles eu sei q eu vou ter um porto seguro, isso as vzs me leva a pensar q qnd eu to com eles eu não preciso de mais ninguém, eu me sinto completo com eles, eu sei que eles são meus amigos, mas sla, se eles fossem pessoas q eu gostasse, e compartilhassem do msm sentimento q o meu, e fossem garotas (pq eu sou hétero), seria a coisa mais perfeita do mundo. Por esses dias inclusive eu entrei no omegle de noite e uma garota gaúcha de 17 anos tava mt triste com o namorado dela pq ela desconfiava q tava sendo traida, e q ele tratava ela meio mal, até o ponto que ela me perguntou "Mano, me explica por favor, por que vocês, homens, não gostam de meninas chiclete? que perguntam como você tá, que pensam em ti toda hora e estão apaixonadas? meu namorado ameaça me deixar por isso", a única coisa que passou na minha cabeça na hora foi "COMO QUE UM FDP DESSES FAZ ISSO COM UMA MENINA SUPER GENTE FINA COMO ELA? KRL, TUDO ISSO Q ELA FALOU Q ELE ODIAVA É TUDO Q EU MAIS QUERIA, PQP". Aiai, vou pegar um lenço pra limpar minhas lágrimas ;-
submitted by sonic_star_2 to desabafos [link] [comments]


2020.07.16 16:24 fobygrassman SITE DE TRAIÇÃO Nº1 DO BRASIL

SITE DE TRAIÇÃO Nº1 DO BRASIL
Encontre um traidor brasileiro em menos de 2 horas, garantido! Rápido, fácil e grátis
Aprenda a Aproveitar os Melhores Sites de Traição do Brasil De uma dona de casa traidora real.
Quando você está em um site de traição, deseja basicamente quatro coisas:
  1. Discrição
  2. Um grande banco de dados de traidores para escolher
  3. Uma forte presença feminina no site de triação
  4. Facilidade de uso.
Embora muitos sites de triação possam fornecer os itens 1 e 4, o verdadeiro truque é encontrar um site estabelecido e ativo com traidoras reais. Felizmente, Ashley Madison fornece todos os quatro!
Discrição Ashley Madison inovou algumas das melhores ferramentas de discrição conhecidas para sites de traição
Você não precisa confirmar seu e-mail para se inscrever, o que lhe dá uma negação plausível "Querida, alguém deve ter usado meu e-mail para se inscrever"
Você pode usar o assistente de fotos patenteado para tornar suas fotos mais discretas adicionando máscaras, desfoque ou recorte.
Você pode criar uma galeria privada para suas fotos mais arriscadas e conceder e revogar o acesso aos usuários.
Eles têm um botão de pânico. Se você estiver navegando na Ashley Madison e alguém entrar, basta clicar no botão de pânico no canto superior direito e você será imediatamente levado ao Google.com
Cobrança privada. Se você decidir atualizar e tirar proveito de tudo o que Ashley Madison tem a oferecer, pode ter certeza de que o nome "Ashley Madison" não aparecerá em nenhuma fatura ou extrato. Ashley Madison usa uma empresa terceirizada com um nome seguro e despretensioso.
Grande Base de Usuários Ashley Madison foi lançada no Brasil em 2010 e adicionou quase 2.000.000 de traidores brasileiros e espera acrescentar outros 1.000.000 até 2020.
Desde a sua criação, já reuniram mais de 50.000.000 de usuários em todo o mundo. Isso faz da Ashley Madison um dos sites de namoro mais visitados do mundo. Não apenas site de triacao, mas de namoro em geral. Isso permite que você encontre um parceiro para um caso em praticamente qualquer país do mundo. Então, se você estiver viajando ou quiser apenas encontrar um parceiro para um caso virtual da Suécia, América, Colômbia ou Alemanha, poderá fazê-lo no Ashley Madison melhor do que em qualquer outro site de traiçao.
Grande Presença Feminina As mulheres podem participar e usar todos os recursos de Ashley Madison 100% de graça.
Isso ajuda a equilibrar a proporção de homens / mulheres no site.
Enquanto 60% das inscrições no Brasil são homens, apenas 10% dessas inscrições se tornam usuários ativos.
Dos 40% das inscrições femininas, 50% se tornam usuárias ativas porque podem fazê-lo 100% gratuitamente.
Também desde o hack da Ashley Madison em 2015, o governo americano e as autoridades reguladoras exigiram a remoção imediata de todos os "bot" da Ashley Madison como parte de um acordo para continuar as operações nos EUA e no exterior.
Isso fez três coisas: 1. Os usuários podem ter certeza de que não há bots ou usuários falsos
  1. Ashley Madison monitora ativamente o site em busca de fraudes, usuários falsos e bots
  2. Ashley Madison investiu esforço e dinheiro consideráveis na condução de traidoras para o site, ao contrário de muitos outros sites de traição.
Facilidade de Uso TNenhum outro site de traição investiu mais dinheiro e pesquisa em experiências de usuários como Ashley Madison. Você pode esperar a mesma facilidade de uso que o Facebook ou o Badoo na Ashley Madison. Da inscrição à pesquisa, ao bate-papo e ao encontro.
TAshley Madison também é responsiva e funciona igualmente bem no seu dispositivo móvel ou tablet.
TPor todas essas razões e mais, recomendamos a Ashley Madison como nosso site de traição # 1.
TPara obter mais informações sobre como obter sucesso na Ashley Madison, consulte nossas:
Melhores dicas para homens & melhores dicas para mulheres
TIsso certamente dará a você uma vantagem contra a competição e ajudará a encontrar uma traidora em menos de 1 dia.
Experimente Ashley Madison 100% Grátis e Viva com paixão, sem arrependimento!
submitted by fobygrassman to site_de_traicao [link] [comments]


2020.07.15 08:43 lilypedals_ nao sei mais o que fazer

A quarentena esta sendo ruim para todos nós, mas por causa dela eu descobri ter ansiedade, e vire mexe tenho alguns " ataques depressivos". Explicando melhor, eu sou uma pessoa que depende muito dos outros, desde a opinião, até emocionalmente. Nao que muitos saibam, mas no quinto ano principalmente ( detalhe: tenho 12 anos) todos os dias eu me sentia sozinha e isso me corroía por dentro mesmo que eu nao percebesse, eu chegava da escola todos os dia e me trancava por pelo menos meia hora chorando, ate então eu nao entendia o pq. Há alguns meses, para um projeto na escola, a gnt tinha que falar de uma coisa que aconteceu na nossa vida que primeiramente nos achávamos que era ruim, mais se tornou boa. Eu menti, eu falei dessa fase que passei no 5º ano e falei que no final eu encontrei a luz e descobri como ser a luz. Esse projeto me deixou muito mal, e dps disso eu comecei a ficar acordada ate muito tarde chorando. Há uma semana eu fui p a praia para passar o aniversário da minha vó com ela e aproveitei p ficar em um quarto sozinha. Resumindo eu fiquei acordada ate pelo menos 4 da manha todos os dia e chorava por pelo menos uma hora antes de dormir, isso por 8 dias seguidos, e algumas vezes enquanto eu estava tomando banho eu tinha um surto e começava a chorar. Um pouco depois da minha família ter voltado p casa minha irmã me ouve chorando e "reclamando" e vem me confortar. Ela eh minha irmã mais velha e faz de tudo para que eu me sinta confortável e amada. Ela descobriu sobre como eu estava em uma noite em que eu estava muito mal, eu mandei mensagem p ela pedindo socorro e que ela me ajudasse pq eu estava muito mal, oq mais me doeu foi o fato dela ter ignorado essa mensagem, por causa disso eu passei dias chorando achando que ela nao ligava p mim, isso porque de todos na minha família ela eh a q mais amo, eu nao admito isso p ngm pq tenho medo de ferir seus sentimentos mas eu me mataria por ela sem pensar duas vezes, eu estou tentando proteger ela dos nossos pais que, embora nao fazem por querer, fazem comentários extremamente maldosos, e eu realmente nao sei como dizer, mas vire e mexe eles me fazem sentir muito mal, ent eu tendo proteger ela disso. Uma das coisas que mais me machuca é quando meus pais viram p mim e falam p eu para de "puxar o saco " da minha irmã, eu estou tentando proteger ela pq me dói ainda mais pensar que ela possa sentir oq eu sinto, nessas horas eu tenho vontade de chorar ate desidratar e socar qual quer coisa que eu vejo na minha frente. Outra coisa que me irrita é quando eles deduzem coisas sobre mim, por exemplo: uma vez uma música começou a tocar e minha irmã ( foi por brincadeira mas me afetou do mesmo jeito) falou p trocar pq eu ficava louca com essa música, acontece que eu me identificava coma letra, e nesse periodo eu estou tentando nao me sentir sozinha, ent procuro coisas na qual eu possa me identificar com. Minha mãe também tem me tratado com a criança que eu costumava ser, brincando comigo e sendo muito grudenta, nao que eu nao goste da minha mãe, mas eu nao sinto a mesma coisa que eu costumava sentir, agr eu me sinto meio presa, com medo de ser julgada e magoa-la, mas enquanto isso eu tenho me aproximado muito do meu pai, ja que ele, mesmo nao percebendo, esta tentando me entender eme ajudar, procurando saber das músicas que eu gosto, me ajudando e encorajando a escolher hobbies que me façam bem, e principalmente me dando espaço, a coisa que eu mais preciso, espaço. Ele esta me respeitando e tentando melhorar, enquanto minha mae acha que nao tem nada a melhorar e acaba né sufocando. Voltando ao que eu estava falando antes, tb tem um assunto que descobri a pouco tempo e tem me torturado a um tempo ja, a minha orientação sexual, eu posso ser meio nova, mas na minha vida toda so gostei mesmo de um menino to 2º ano, e ano passado, no 6º ano eu " namorei" um menino, as aspas pq dps dele me pedir em namoro e eu aceitar, eu passei 1 hora atras de uma moita chorando por ter sido uma má ideia ( foi em um acampamento ), e por mais que eu tentasse eu nao conseguia gostar dele, antes era legal falar com ele, depois tudo ficou muito tímido e vergonhoso, por nao so parte minha já que desde o 1º dia ele ja falava que me amava, e eu nunca correspondi, eu fui uma péssima namorada, mas aquilo era novo p mim. Resumindo faz tempo que eu não realmente gosto de alguém, e agr eu acho que to gostando de uma amiga minha, mas dentro da minha cabeça tem uma discussão de eu querer atenção e de eu realmente gostar da menina, e ao mesmo tempo questionar minha orientação sexual, ja que para eu achar um garoto bonito eh muito mais raro do que p eu achar uma garota bonita. Graças ao dia em que minha irmã me encontrou chorando eu passei a contar tudo p ela, quando eu estou triste eu vou no quarto dela p ela me acalmar e me ajudar a entender. Ela tb é a única a qual eu contei sobre a minha talvez orientação sexual, e ela me apoia em tudo e esta sempre me encorajando a nao ter medo, mas tb esta tentando me preparar p o mundo afora, e ao mesmo tempo me confortando dizendo que se eu precisar, ela vai estar lá, e ela sempre tá.
Resumindo, eu ja falei com meus pais e eu vou fazer terapia quando a quarentena acabar. Eu ja estou um pouco melhor do que antes, mas nao 100%, eu diria que uns 45%, por ai.
•esse eh um trecho do que eu escrevi em um dos dias em que eu estava mal• ( esta em inglês pq eu me identifico melhor com a língua )
I fell like nobody understand me, even though I know I'm not the only one felling like this. I fell like the world is changing and there's no place I fit in. I already considerate having depression, anxiety, low self esteem, but at least when quarantine is over I'm going to therapy, I think it'll help me, someone that can tell me what to do, someone that now what I'm going through, that will know me as that sad kid, that sad 12 years old girl, that already though about killing herself but didn't do it because of fear, and not even for that she has the courage. It'll be someone that knows me as I truly am, because I'm tired, I'm tired that everyone that sees me or ignore me or see me as the happy kid I used to be, I'm not that girl anymore, I was stupid, stupid for thinking that I would be that happy forever, I was wrong. I cried to sleep the whole week, and now I read that the persons u think before sleeping are or the person u r in love with, or what makes u sad, the problem is that everyday I cry to sleep thinking about my family and my best friends, and that means that probably they are the reason I'm sad, but there's another problem, I'm almost sure I'm in love with my best GIRL friend, and is not a problem that is a girl, at least not at all, but that is that girl, MY BEST FRIEND, the girl that sees me just as her friend. SHE'S STRAIGHT, SHE LIKES ONE OF MY BOY FRIEND'S, and that boy is a boy and he's not me. Life is literally messing so bad with me, just because I wanted to know its like to actually like somebody, that doesn't means that the person should be my girl best friend.
I might have depression, and when quarantine is over I'll do therapy, and I started thinking a lot about something, how my friends will react when they discover this, because I won't tell then, I don't want then to think me as the poor girl who couldn't handle with life, or think that I just want attention, even though I do, I want attention, I just wanted people to notice me, I wanted my best friends to notice that I'm not good, I'm not felling okay. And I try putting this thought away from my head, but he won't leave, he's still there, I think it was better when I thought I had no friends, because at that time at least I wasn't trying to make people notice me. Now I'm always trying to make people notice me, even my friends sometimes forget I exist.
I'm not being myself for a long time now and nobody notice.
I just want to be happy
I've been trough so much, just trying to see the light.
submitted by lilypedals_ to desabafos [link] [comments]


2020.07.07 15:18 sharkelson Sou babaca por dar em cima da Pepita que é ex do meu amigo?

Ola Luba, gatas, papelões que podem não estar entre nós nesse momento, turma e possível convidado que está a ver. Bom, eu tenho uma amiga da época de escola, amiga esta que eu já fiquei naquele tempo, na época não teve nada sério e eu até comecei a namorar depois do nosso beijo e tal. Depois de uns meses eu terminei meu namoro, eu e a (vou chamar de Pepita) nunca deixamos de ser amigos, e realmente nada mudou depois do meu término. Mas eu ainda tinha MT interesse nela e deixava claro. Pra falar a verdade ela n tinha mais tanto interesse na minha pessoa e por um tempo eu só larguei de mão já que não ia dar em nada. No ano seguinte depois de sair da escola nós estávamos meio distantes mas eu queria reaproximar pq eu sentia bastante sdd da nossa amizade, enfim, eu chamei ela, nós voltamos a conversar bastante e meu interesse foi surgindo novamente, só que tinha um porém, depois de umas semanas que a gente tava se falando bastante ela me disse que estava conversando com um amigo meu (que sempre foi bem próximo), inclusive esse meu amigo me chamou nesse período aí pra perguntar se tinha algum problema caso eles ficassem e tal, eu obviamente disse que não, pq eu n estava apaixonado por essa amiga minha, eu só tinha MT interesse na pepita mas nd demais. Na vdd eu nunca pensei que eles podiam chegar a ter algo mais que umas bitocas, mas eu estava errado. Eles começaram a ficar e isso desenvolveu em um namoro, eu fiquei meio preocupado pq eu odeio ser amigo de duas pessoas no casal, pq vc nunca pode escolher um lado sem ficar brigado com o outro (pelo menos minhas experiências até agr me mostraram mt isso), então nem me envolvi tanto no namoro, só deixei eles lá felizes, e tava feliz por um estar fazendo bem pro outro. Depois de uns meses eles terminaram e eu tentei dar o máximo de apoio pra os dois, eles terminaram mais por um conflito de interesses, que gerava MT briga e coisas assim. Mas enfim, agr eles estão separados, meu amigo já está seguindo a vida dele ficando com outras pessoas, conhecendo um pessoal. E essa minha amiga por mais que ainda está um pouco apegada, tbm esta tentando seguir. EIS O X DA QUESTÃO, depois de um tempo do término eu voltei a conversar bastante com a Pepita e acabei dando em cima dela algumas vezes (pq o interesse ainda existe), só que depois me senti meio mal, pq meu amigo julga muito quem fica com ex de amigo e coisa assim, então provavelmente ficaria chateado demais se descobrisse, mas ao msm tempo as vezes penso que eu fiquei com ela antes e o meu interesse nunca foi segredo pra ninguém em torno de nós. Eae turma, eu sou babaca por dar em cima da ex do meu amigo?
submitted by sharkelson to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.22 03:20 Joao-Leao-277 Fiz minha namorada cortar relações com o melhor amigo dela (podem julgar e dar conselhos)

Olá a todos!
Bom, em 2017 eu comecei a namorar uma garota, conheci ela numa festa de aniversário de uma amiga e lá mesmo nós percebemos que rolou um clima entre a gente, infelizmente ela era de São paulo capital e eu do interior desse mesmo estado, começamos a namorar a distancia depois de alguns meses, gastávamos em média uns 400 reais sempre que iriamos nos ver.
Enfim, depois de algum tempo no relacionamento nós decidimos trocar as senhas dos nossos facebooks (não foi por falta de confiança nem nada, e eu apenas dei minha senha pra ela, nunca exigi que ela faça o mesmo, mas ela fez voluntariamente), então eu não me aguentei e fui ver a conversa dela com esse amigo, eu já sabia que ela gostava muito dele no passado e já chegou a querer namorar com ele, por isso não resisti e fui olhar a conversa deles, a principio era tudo normal, até eu chegar um pouco mais afundo no chat, me deparei com várias insinuações sexuais da parte dele, mas o que me machucou foi ver que muitas vezes ela retribuía, e as vezes ela mesma tinha a iniciativa, além dessas insinuações eu vi que ele tratava ela muito mal, xingando e desrespeitando, xingamentos pesados que acabavam com a autoestima dela, mas pra ele era ''brincadeira''.
Foi ai então que eu não me aguentei e liguei pra ela de madrugada, mostrei os prints das conversas entre eles, disse que me senti traído( eles nunca se viram pessoalmente só tinham amizade pela internet, apesar de ser oito anos de amizade ele nunca quis encontrar ela, a casa deles ficavam mais ou menos umas 3h de viagem pegando ônibus e metro), mesmo que as insinuações sexuais fossem só virtuais, eu ainda fiquei muito abalado e confrontei ela dizendo que ela deveria escolher entre namorar comigo e ser amiga dele, ela me disse que as conversas que eu vi eram de meses atrás (de fato eram, mas ela passou no minimo dois meses no começo do nosso namoro falando essas coisas com ele) e que eles não tinham mais aquele tipo de conversa e que eu não posso fazer ela abandonar um amigo só porque eu quero porque assim eu seria um namorado controlador, mas eu disse que ela também não poderia me obrigar a namorar com ela, e que enquanto ela tivesse relações com pessoas como aquele cara que fazia mal pra ela, eu não ficaria com ela, ela chorou muito, mas decidiu ficar comigo, bloqueou ele em todas as redes sociais, ele tentou falar comigo mas eu não dei bola.
hoje em dia a gente tem um bom relacionamento, eu demorei pra parar de ficar triste com ela, e até hoje ainda tenho essa cicatriz, mas eu sinto que ela me ama muito e eu também a amo.
enfim, eu fui o babaca por ter feito ela terminar a amizade com o melhor amigo?
submitted by Joao-Leao-277 to desabafos [link] [comments]


2020.06.21 23:32 Joao-Leao-277 Fui babaca por fazer minha namorada cortar totalmente o contato com seu melhor amigo?

Olá a todos!
Bom, em 2017 eu comecei a namorar uma garota, conheci ela numa festa de aniversário de uma amiga e lá mesmo nós percebemos que rolou um clima entre a gente, infelizmente ela era de São paulo capital e eu do interior desse mesmo estado, começamos a namorar a distancia depois de alguns meses, gastávamos em média uns 400 reais sempre que iriamos nos ver.
Enfim, depois de algum tempo no relacionamento nós decidimos trocar as senhas dos nossos facebooks (não foi por falta de confiança nem nada, e eu apenas dei minha senha pra ela, nunca exigi que ela faça o mesmo, mas ela fez voluntariamente), então eu não me aguentei e fui ver a conversa dela com esse amigo, eu já sabia que ela gostava muito dele no passado e já chegou a querer namorar com ele, por isso não resisti e fui olhar a conversa deles, a principio era tudo normal, até eu chegar um pouco mais afundo no chat, me deparei com várias insinuações sexuais da parte dele, mas o que me machucou foi ver que muitas vezes ela retribuía, e as vezes ela mesma tinha a iniciativa, além dessas insinuações eu vi que ele tratava ela muito mal, xingando e desrespeitando, xingamentos pesados que acabavam com a autoestima dela, mas pra ele era ''brincadeira''.
Foi ai então que eu não me aguentei e liguei pra ela de madrugada, mostrei os prints das conversas entre eles, disse que me senti traído( eles nunca se viram pessoalmente só tinham amizade pela internet, apesar de ser oito anos de amizade ele nunca quis encontrar ela, a casa deles ficavam mais ou menos umas 3h de viagem pegando ônibus e metro), mesmo que as insinuações sexuais fossem só virtuais, eu ainda fiquei muito abalado e confrontei ela dizendo que ela deveria escolher entre namorar comigo e ser amiga dele, ela me disse que as conversas que eu vi eram de meses atrás (de fato eram, mas ela passou no minimo dois meses no começo do nosso namoro falando essas coisas com ele) e que eles não tinham mais aquele tipo de conversa e que eu não posso fazer ela abandonar um amigo só porque eu quero porque assim eu seria um namorado controlador, mas eu disse que ela também não poderia me obrigar a namorar com ela, e que enquanto ela tivesse relações com pessoas como aquele cara que fazia mal principalmente pra ela, eu não ficaria com ela, ela chorou muito, mas decidiu ficar comigo, bloqueou ele em todas as redes sociais, ele tentou falar comigo mas eu não dei bola.
hoje em dia a gente tem um bom relacionamento, eu demorei pra parar de ficar triste com ela, e até hoje ainda tenho essa cicatriz, mas eu sinto que ela me ama muito e eu também a amo.
enfim, eu fui o babaca por ter feito ela terminar a amizade com o melhor amigo?
submitted by Joao-Leao-277 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 23:21 Joao-Leao-277 Fui babaca por fazer minha namorada cortar totalmente o contato com seu melhor amigo?

Olá a todos!
Bom, em 2017 eu comecei a namorar uma garota, conheci ela numa festa de aniversário de uma amiga e lá mesmo nós percebemos que rolou um clima entre a gente, infelizmente ela era de São paulo capital e eu do interior desse mesmo estado, começamos a namorar a distancia depois de alguns meses, gastávamos em média uns 400 reais sempre que iriamos nos ver.
Enfim, depois de algum tempo no relacionamento nós decidimos trocar as senhas dos nossos facebooks (não foi por falta de confiança nem nada, e eu apenas dei minha senha pra ela, nunca exigi que ela faça o mesmo, mas ela fez voluntariamente), então eu não me aguentei e fui ver a conversa dela com esse amigo, eu já sabia que ela gostava muito dele no passado e já chegou a querer namorar com ele, por isso não resisti e fui olhar a conversa deles, a principio era tudo normal, até eu chegar um pouco mais afundo no chat, me deparei com várias insinuações sexuais da parte dele, mas o que me machucou foi ver que muitas vezes ela retribuía, e as vezes ela mesma tinha a iniciativa, além dessas insinuações eu vi que ele tratava ela muito mal, xingando e desrespeitando, xingamentos pesados que acabavam com a autoestima dela, mas pra ele era ''brincadeira''.
Foi ai então que eu não me aguentei e liguei pra ela de madrugada, mostrei os prints das conversas entre eles, disse que me senti traído( eles nunca se viram pessoalmente só tinham amizade pela internet, apesar de ser oito anos de amizade ele nunca quis encontrar ela, a casa deles ficavam mais ou menos umas 3h de viagem pegando ônibus e metro), mesmo que as insinuações sexuais fossem só virtuais, eu ainda fiquei muito abalado e confrontei ela dizendo que ela deveria escolher entre namorar comigo e ser amiga dele, ela me disse que as conversas que eu vi eram de meses atrás (de fato eram, mas ela passou no minimo dois meses no começo do nosso namoro falando essas coisas com ele) e que eles não tinham mais aquele tipo de conversa e que eu não posso fazer ela abandonar um amigo só porque eu quero porque assim eu seria um namorado controlador, mas eu disse que ela também não poderia me obrigar a namorar com ela, e que enquanto ela tivesse relações com pessoas como aquele cara que fazia mal principalmente pra ela, eu não ficaria com ela, ela chorou muito, mas decidiu ficar comigo, bloqueou ele em todas as redes sociais, ele tentou falar comigo mas eu não dei bola.
hoje em dia a gente tem um bom relacionamento, eu demorei pra parar de ficar triste com ela, e até hoje ainda tenho essa cicatriz, mas eu sinto que ela me ama muito e eu também a amo.
enfim, eu fui o babaca por ter feito ela terminar a amizade com o melhor amigo?
submitted by Joao-Leao-277 to EuSouOBabaca [link] [comments]


2020.06.12 23:11 tercioteseu Hoje eu fui chamado de Racista

Racismo é uma merda. Como é um tópico sensível, mesmo achando lugar de fala uma bela falácia, eu normalmente deixo as pessoas negras se posicionaram sobre e eu simplesmente digo que concordo com elas pq eu concordo.
Racismo é uma merda. É um problema estrutural na nosda sociedade. Julgar alguem pela cor da pela e não pelo caráter é o preconceito mais escroto e irracional que existe. Todo preconceito é burro, mas a xenofobia ao menos segue uma lógica (bairrismo), o ódio entre religiões faz sentido dentro da filosofia de cada uma das respectivas crenças. Racismo é literalmente odiar alguém pela cor da pele, algo qur não se escolhe nem se aprende. É simplesmente espúrio. Crime. Me parte o coração só de pensar no quanto de sofrimento nós já infligimos a bilhões e bilhões de pessoas ao longo da história devido a essa nossa necessidade ridicula de brigar, de ser preconceituoso, cospir ódio e perpetuar comportamentos higienistas e genocidas.
Hoje uma amiga muito querida, que esse ano idealizou um projeto muito bacana chamado PRETOS NO ENEM que consistia em criar uma vaquinha para que pessoas negras sem condição de se inscrever no enem fossem beneficiadas por meio de doações via boleto bancário.
Foi um sucesso, ela ate apareceu na globo.
Uma pessoa muito boa, engraçada e doce.
Mas sim -ja ia me perdendo em divagaçoes- ela publicou uns tweets sobre como as pessoas estavam sendo muito preconceituosas com ela por ela namorae um cara branco. Aquela coisa de PALMITEIRA e tals
aí eu comentei
"nÃo pOrQuE o eMbRaNqUeCiMeNtO dA rAçA nEgRa é uM pLaNo dE dOmInAçÃo cAuCaSiAnA"
Só trocar branco por negro e temos uma frase de adolf hitler em mãos, olha que legal
"Ah pq vc n pode me comparar a adolf hitler"
odeia judeu mistura de raças e quer ser chamado de quê?
Comentário meio belicoso, é verdade. Mas eu me reservo a esse direito pq ja passei por situações similares na vida. Eu costumo evitar opinar sobre essas coisas nao pq eu ache que n tenho direito de falar sobre (acho isso uma grande imbecilidade, inclusive) mas pra me poupar da fadiga de ter que discutir com gente sectaria e ignorante
Ela me respondeu pedindo que eu por favor apagasse pq apesar dela ocncordar eu sou branco e eu n devia opinar sobre
Eu pessoalmente acho isso extremamente idiota, mss como ela foi super educada, é uma pessoa querida e é claro É NEGRA, tem mil vezes mais vivencia e conhecimento do que eu sobre racismo eu apaguei sem problema nenjum.
O problema é que ela é meio famosinha e um imbecil branco que inclusive eu lembro mt bem de ter chamado o taison de macaco na epoca da copa de 2018 deu rt comentado me chamando de racista e me jogando aos leoes dos seguidores dele.
Aí começou a chover idiota na dm e indiretinha na timeline e eu tranquei meu perfil
Assim. Eu não devia me irritar com isso da forma como eu estou me incomodando.
Mas a verdade é que essa é só a cereja do bolo de desastres que eh a minha vida nos ultimos 3 meses
minha mae adoeceu com covid (ja melhorou) O controle do meu videogame quebrou Eu provavelmente serei reprovado no ultimo ano do ensino medio porque nao consigo render estudando a distancia A escola nao ajuda em nada e olha que ela esta longe de ser a pior das escolas nesse sentido, é o sistema educacional que esta falido dentro dessa coisa de vestibular Eu não consigo sequer me divertir mais fazendo as coisas que eu gosto pq eu simplesmente não relaxo
Eu tô pilhado demais. Estressado. Estafado. Burnout
Tem mt mais merda que rolou, e eu ate ia desabafar aqui sobre ontem, passei 3 horas escrevendo mais apaguei sem querer.
Então por mais que seja uma grande besteira, ser chamado de racista nesse caso acabou meio que causando uma puta crise de ansiedade em mim Sabe quando a cabeça fica cheia, a respiraçao rarefeira e o coraçao dispara em ritmo de frevo e vc fica ao mesmo tempo invonsolavel e puto?
Pois é. E eu tenho que escolher melhor minhas brigas. Pq eu n devo me estressar com imbecilidadezinhas como essa. Deixar passar. Abstrair.
O problema é que eu tô desgastado. Tô com fastio mesmo. Desmotivado. Eu tenho um mundo pela frente, mas que raio de mundo é esse?
O futuro não me parece nada alvissaleiro e eu há anos eu n tenho amigos nem namoro. Eu tô solitario.
E cansado. To ficando muito amargo com essas coisas, mas eu nao posso deixar que elas interfiram de forma negativa na minha vida pessoal.
Claro que inevitavelmente algumas coisas vao transparecer no meu comportamento pq eh assim que as emoçoes funcionam, mas ninguem deve sofrer por causa de problemas dos outros.
Eu que me resolva com minhas raivas e meus traumas.
Eu só queria viver.sabe. eu sinto saudade pra caramba de quando eu ainda tinha uma perspetiva de futuro melhor nao so pra mim mas pra toda a humanidade.
Porque eu acredito que as pessoas não sao más em sua essencia. Que o brasileiro de preguiçoso não tem nada, éum povo trabalhador e sofrido que é taxado com rotulos que deverism na verdade ser atribuidos aos poucos poderosos que há 500 anos fazem o que bem entendem com a sua população.
A gente até esboçou um progresso consideravel dentro de todas as limitações que a sociedade nos impõe: foram 20 anos incríveis. Pode parecer meio absurdo falar isso levando em consiferaçao quem foi eleito, mas imagine pasdar 30 anos sem ter direito de escolher seus representantes politicos e de repente vc nao só escolhe como participa ativamente destes governos.
Goste ou nao do lula (eu mesmo tenho um milhão de problemas com ele), é mt legal ver um torneiro mecanico na presidencia da republica. Eu tbm n gosto do fhc, mas o cara é professor universitário, um educador. A dilma, que ironia, economista. Mas aí pouco importa a profissao: uma mulher no posto mais importante do país.
Claro que as caracteristicad pessoais dos governantes nao necessariamente refletem as práticas de seu governo. O professor universitário só abriu uma universidade e a economista quebrou o país. Mas vcs entenderam o que eu quis dizer - as pessoas votavam em quem mais se parecia com elas, em quem elas colocavam confiança
Então é triste que, por meio de um conjunto de fatores, o candidato da elite desse país tenha vencido: Um milico de novo. E um milico filho da puta que ta deliberadamente matanfo milhares de pessoas por ai.
Mas o bolsonaro querendo ou nao representa aquela minoria repugnante dos brasileiros qur sempre existiu e que permeia todas as classes sociais - aquele imbecil que é preguiloso, vive de ganhar dinheiro burlando leis e passandl a perna nos outros, e que é extremamente escroto e preconceituoso com todo mundo ao seu redor. O tiozao do churrasco. O cara bronco.
Aquelas pessoas que são más em sua essencia. Que te tiram um pouco a esperança de um mundo melhor.
Enfim. Isso era um desabafo sobre minha vida e virou um desabafo sobre política. Peço perdão AI
submitted by tercioteseu to desabafos [link] [comments]


2020.06.11 20:39 cattwaii EU DEVERIA PROCURAR ELE?

Quando eu tava no 7 ano, na hora da saída, tínhamos um grupinho para ir para casa juntos. Eu ia com a minha mãe, mas com o tempo fui eles. Eram em volta de sete pessoas, era legal, conversamos, mas na sala não éramos tão próximo. Isso resumiu basicamente o meu Fundamental II inteiro; diminuiu com o tempo, mas eu sempre ia com ele — vamos chamá-lo de Jarls. A partir do 8 ano, não estávamos mais na mesma sala, mas ainda conversamos sempre. Só que a gente sempre brigava, as vezes o motivo podia ser o que for, bobo, mas sempre. Mas sempre que acontecia algo, era ele que voltava a conversar comigo, ele ficava me observado na hora do intervalo, etc. No final do ano, no 8 ano, comecei a ter ansiedade (pouca), mas eu não percebia, mas ele tava preocupado.
Nisto, ele dava em cima de mim, mas eu >nunca< queria ficar com ele, principalmente porque eu gostava de outro garoto e, bem, ele ficava com diversas garotas. Não que eu tenha preconceito, mas eu sempre achei que ele ficava apenas por interesse, nunca por amor. No nono, no final do ano, ficamos mais próximo, que ele me deixava em casa, as vezes eu ia para casa dele e íamos direito para minha (antes não fazíamos isso >>> a gente mora na mesma avenida). Aliás, quando chegou o Ensino Médio, ele me disse que só iria escolher o colégio por causa de mim, mas sempre deixei isso de lado isso. Por causa do medo que tinha da escola (eu sofri bullying no 6 ano por causa de um grupo de meninas) eu faltava os primeiros dias e ele fez o mesmo. Mas no Primeiro ano, aconteceu que ansiedade me pegou de jeito. Comecei a faltar demais. E quando houve de ter um crise na escola por causa de alergia, ele ficou comigo e decidiu ir pra casa comigo >> ainda tinha aula. Masss eu fiquei na casa dele, porque minha mãe não tava em casa, mas no trabalho. Foi assustador, nunca tive uma crise. Acredito que foi a partir daí que comecei a olhar ele de outro jeito.
Contudo, ele tinha uma namoradora. Houve um dia >>> não me lembro a ordem cronológica<<< que um antigo crush me abraçou >>>sim, sou muito besta<<< e comecei a chorar, a gente conversou e ficamos ali na calçada, perto da casa dele, um dos seus amigos viu isso e achou que estávamos fazendo ''algo'', por causa motivo a namorada dele acreditou, mas parece que ele nem quis se explicar. Eu achei isso babaca da parte dele, afinal eramos só amigos, mas ele me disse: que amigos vem primeiro. Mais pra frente, a gente ficou na minha casa, só que foi nada demais. Masss neste mesmo ano, eu acabei parado na sala da ex dele (outra ex). Viramos amiga, ela tinha ansiedade e depressão, sofreu muito na antiga escola que estudávamos. Acabei descobri que ele pediu ela em namoro >>>estudavam juntos<<< no mesmo dia que o meu, no Facebook, com aqueles post de namoro, sabe, mas eu recusei e ela não. Não contei pra ela, mas ela me avisou que ele era babaca e tinha traído ela. Por causa disso, nunca mais ficamos e tentei me afastar dele. Todo o meu grupinho odiava ele por causa disso ou por outro motivo. Meio que eu sabia que ele não era confiável quanto a isso, mas ele sempre me disse coisas, sabe.
Eu tive que sair do colégio por causa de problemas médicos, depois disso todos se afastaram de mim, até ele. Na realidade, na época, eu que não quis conversar com ele pelo o celular — mas houve um dia que se víamos, a última vez. Eu estava com o meu amigo da época e ele com a mãe dele, foi o meu amigo que percebeu a existência dele e o chamou, mas ele apenas disse que quase não me reconheceu >>porque eu cortei o cabelo<<<, ele foi pro outro lado e eu por outro. Eu fiquei magoada, mas achei que fosse por causa da mãe dele. Nisto, o meu amigo perguntou se aconteceu algo e apenas disse que talvez ele não gostasse mais de mim. Mas este amigo printou o status dele, dizendo que estava chateado >>>isso já de noite<<< por ter alguém que o esqueceu — ou algo assim, não me lembro. Mas me lembro daquela noite que dormir tão bem, o meu coração se acalmou. Desde então, quando saio de casa >>>são poucas vezes<<< fico nervosa de vê-lo novamente. E bem, eu sei que realmente estou apaixonado por ele, quase não consegui escrever isto por causa da minha ansiedade e nervosismo.
E bem, o que eu faço? Procuro por ele? Mas e se ele for o babaca de sempre?
Aliás, talvez ele tenha namorado, me lembro de ter dado em cima de algumas garotas da sala dele na época. E também ele dá em cima de tudo, mas ele me falou que é porque é ''natural'' dele o flerte, sinceramente....
Minha primeira vez >< aqui.
submitted by cattwaii to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 04:18 Flavio_TV Minha mãe foi babaca por dizer que eu perderia o apoio da família inteira por conta de uma escolha minha?

Olá Lubinha (vulgo Lubixxco), Editores, gatas e gatos, presentes e ausentes papelões, inexistentes convidados, turma que está a ver, quarentenados e pessoal do reddit. (Sou nordestino rs) Essa minha história é sobre como quase perdi o apoio da minha família por conta de uma escolha minha considerada “errada” pela minha mãe. Pois bem, essa história é um pouco longa, mas vou tentar resumir o máximo, pois ocorreram muitas coisas nesse período. Foi no começo do ano, eu tinha acabado de sair de um relacionamento e passado por um pequeno “trauma” (coloquei as aspas pois não considero um evento tão traumático, porem me deixou marcas), sofri assedio pelo meu professor de música (posso contar melhor sobre essa história num próximo post). Como minha relação com minha mãe é bastante bacana, ela me ajudou a superar isso. Eu sou um cara que ainda não possui uma definição para a minha orientação sexual, já tive relacionamento com mulheres, porém não com homens e sempre tive a curiosidade de saber como é, pois já senti um certo interesse por isso. Eu tinha um certo interesse por um guri com o nome de Carls que me fazia querer saber como seria (nessa época, já tava namorando). Pouco tempo depois do término do meu namoro, entrei em contato com o Carls que sempre admirei e gostava muito, porém nunca tive coragem de avançar nossa relação (minha orientação sexual sempre foi um tanto que confusa pra mim, porem sempre deixei fluir pra ver no que dava), ele era um cara bastante interessante pra mim, que me deixava fascinado com sua performance. Eu já havia comentado com minha mãe sobre isso (antes de eu namorar), porém ela nunca entendia e sempre ficava confusa sobre esses assuntos. Particularmente, pelo fato dela não saber lidar com isso, ela tem um pequeno preconceito por esse tipo de coisa, ela me disse para ter calma e que talvez não era isso o que queria, fiquei bastante confuso, porem resolvi esperar. Depois de nós termos trocado mensagens, fui contar a minha mãe sobre ele e o que eu realmente queria, imediatamente ela brigou comigo pelo fato de eu ter recém-terminado um relacionamento e já estava querendo partir pra outro, ela ficou extremamente com raiva dizendo que eu devia dar um tempo para pelo menos respeitar o momento, porém eu não via o tal momento para ser respeitado, ela ficou muito nervosa com a situação, ainda mais por eu ter dito que tinha interesse num relacionamento homo afetivo. Então eu disse pra ela “Mas isso é minha vontade, não posso controla-la”, então ela me colocou contra a parede na seguinte frase que me disse “Então você vai ter que escolher entre o apoio da sua família e ele”. De repente fiquei em choque, não consegui responder nada, e logo minha mãe saiu de onde eu estava, fiquei simplesmente sem reação. Poucos minutos, chegou a minha irmã querendo conversar sobre isso, eu disse que não queria, mas logo ela me convenceu. Quando comecei a falar, não consegui segurar as lágrimas e chorei muito (como se meu mundo desabasse), falei tudo que sentia pra minha irmã, que estava extremamente confuso e chateado com ela, como minha irmã está estudando psicologia a conversa ficou muito mais agradável. Como minha irmã percebeu que eu não estava nada bem, ela imediatamente me mandou ir a um psicólogo para tratar desse problema para que ele não generalizasse e futuramente se tornar um trauma (ela não poderia me tratar pois psicólogos não podem tratar parentes e familiares, segundo o que ela disse). No início fui contra pois eu tinha muitos estereótipos de psicólogos achando que só pessoas com depressão que deveriam ir, mas logo me convenci a ir e gostei bastante da terapia (graças a Deux hoje estou muito bem, obrigado por preocupar rs), inclusive recomendo a qualquer um ir a uma terapia pois é simplesmente ótimo a experiência. Logo após estes eventos, minha mãe me pediu desculpas pelo que ela falou e eu sem contestar nada a perdoei, pois não queria nenhuma desavença com a minha mãe. Eu expliquei pro rapaz que conversava sobre o pq de eu não poder mais conversar com ele, ele super entendeu a situação e acabamos por se despedindo um do outro para não ter mais essa confusão (se não tivesse apagado a conversa, teria mandado alguns prints da nossa conversa). Agora fica a pergunta: “Minha mãe foi babaca por dizer que eu perderia o apoio da família inteira por conta de uma escolha minha? ” , Enfim Lubixco e todos que leram, essa é minha historinha, espero que tenham se entretido um pouco e Bjsss =>30. ❤
submitted by Flavio_TV to TurmaFeira [link] [comments]


PEDIDO DE NAMORO MUITO LINDO !!! - YouTube Namoro com o gringo programa Eliana Deus Escolhe Meu Namoro? REAGINDO AO VÍDEO O NAMORADO DA NICOLE - YouTube www.youtube.com Namoro com Léo Santana - Programa da Eliana Homens assumem o controle no Vai dar Namoro invertido # ... PEDI PRA ELA BATER UMA PRA MIM E ELA ACEITOU - YouTube Namoro ou liberdade?

Como a corte é diferente do namoro? Caminhar Santo

  1. PEDIDO DE NAMORO MUITO LINDO !!! - YouTube
  2. Namoro com o gringo programa Eliana
  3. Deus Escolhe Meu Namoro?
  4. REAGINDO AO VÍDEO O NAMORADO DA NICOLE - YouTube
  5. www.youtube.com
  6. Namoro com Léo Santana - Programa da Eliana
  7. Homens assumem o controle no Vai dar Namoro invertido # ...
  8. PEDI PRA ELA BATER UMA PRA MIM E ELA ACEITOU - YouTube
  9. Namoro ou liberdade?

Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. MOSTRA ESSE CANAL PRA ALGUEM, UM DIA TEREMOS 10 MILHÕES DE INSCRITOS!! CANAL DO PH LOURES: https://www.youtube.com/user/phloures INSTAGRAM: https://www.insta... O que você escolhe, namoro ou liberdade? Será que precisamos optar por um? Ou podemos ter o melhor dos dois mundos em um só? Vem comigo ♥ ASSISTA EM HD BLOG: www.maeeucresci.com FACE: www ... Apresentado por Rodrigo Faro, o programa de entretenimento agita as tardes de domingo. É exibido a partir das 15h30. ACESSE O LINK: https://www.instagram.com/djhonyeidt/ PEDI PRA ELA BATER UMA PRA MIM E ELA ACEITOU FAMÍLIA ELA ACEITOU BATER UMA PRA MIM E AINDA MANDOU EU TIR... No vídeo de hoje a Nicole reagiu ao vídeo 'O namorado da Nicole'. Cãozinho do pedaço: https://www.youtube.com/channel/UCYlmmPYFhDRx8e2Sp525jeQ O nosso revist... Vai dar namoro? Luiz Bacci escolhe fã para jantar romântico - Duration: 16:28. Domingo Show 714,974 views. 16:28. EXCLUSIVO! Contato pelo Whatssap para agenda: (21) 96463-8901 Email. [email protected] Instagram: @brevescruz. Programa da Eliana [16-12-2012] - Bloco 3 (Quadro Namoro com Tayrone) [FLV] - Duration: 14:54. Silvio Luiz Grecco 53,643 views. 14:54.